Bellintani se pronuncia após rebaixamento do Bahia para Série B

Bellintani assume responsabilidade após queda do Bahia para segunda divisão

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia encerrou a vexatória campanha no Campeonato Brasileiro da Série A com derrota para o Fortaleza, por 2 a 1, de virada, na Arena Castelão, e consequentemente o rebaixamento para segunda divisão diante da vitória do Juventude sobre o Corinthians. Com isso, o Esquadrão se junta a Grêmio, Sport e Chapecoense. Após a partida, o presidente Guilherme Bellintani concedeu entrevista no Sócio Digital e respondeu perguntas feitas por jornalistas sobre os motivos que levaram o Tricolor a amargar a queda para a Série B. O mandatário assumiu a responsabilidade pelo decepção do time, mas também aproveitou para criticar a arbitragem, citando outros jogos e o pênalti marcado para o Fortaleza. Veja tudo abaixo:

 

“Toda raiva e toda a decepção do torcedor teve comigo, e tem nesse momento, são absolutamente compreensíveis. Eu sou o grande responsável pelo que aconteceu, não tenho dúvidas. As decisões são tomadas ou autorizadas por mim. Agora é ter humildade, e dentro das circunstâncias ter tranquilidade, para recolocar o Bahia de volta à Série A de maneira positiva”.

“Nada que eu falar vai diminuir a tristeza do torcedor, mas posso dizer que errei tentando acertar, mas não foi suficiente para evitar tamanha tristeza que eu coloquei no coração de cada um de vocês. Posso me comprometer com muito trabalho, muita dedicação, para que a gente está volte de onde está saindo nesse momento.

“A responsabilidade é absolutamente toda minha, sou o presidente do clube. Seja as decisões tomadas diretamente por mim ou pelas pessoas que contratei para tomar as decisões. Isso vai para cada funcionário do clube. Mas a decisão de cada uma dessas pessoas está sob a minha responsabilidade”.

“A mudança que fizemos no fim da temporada passada não surtiu o efeito que a gente imaginava. No fim de 2020, tínhamos um déficit muito grande. Em 2021, montamos um time sem absolutamente nenhum investimento. Gastamos quase nada na aquisição de atletas, porque precisávamos devido a um dos piores anos financeiros da história do Bahia. Tomamos uma decisão corajosa de não gastar o dinheiro que não tínhamos”.

“Não tivemos pré-temporada e tivemos que montar um time sem tempo e sem recursos. Logo na sequência, o título da Copa do Nordeste nos deu uma leitura que com aquele time teríamos um bom nível de competitividade no Brasileiro. E está aí o nosso erro, ter entendido que aquele time conseguiria fazer um campeonato sem ameaças. Isso não foi possível. O time perdeu competitividade, ficou oito jogos sem vencer. Depois tivemos outro erro grave, que foi um trazer um técnico estrangeiro.

“E depois que trouxemos Guto, com números razoáveis, não deu tempo para livrar o time. Mas nada tira minha culpa. Foi um campeonato atípico. A proximidade de times que brigavam por Libertadores e contra Z-4 foi imprevisível. O que aconteceu na reta final, com arbitragem, foi um grande absurdo. Inclusive o pênalti de hoje é mais uma na lista de polêmicas do Bahia. E só um lance foi em benefício do Bahia, que foi contra o Cuiabá. Por mais que eu não coloque na arbitragem a responsabilidade, é importante pontuar que nas últimas sete rodadas, o Bahia foi prejudicado cinco vezes”.

 

Deixe seu comentário!

7 Comentário

  1. Vale aquele velho ditado, água dura em pedra dura, bate até que fura.
    Como disse, sabiamente o zagueiro Tite ontem: O Bahia não caiu ontem, más, sim pelo que fez de errado durante toda a temporada.
    Acrescento pelo que fez durante toda a Gestão fracassada de Guilherme Bellitani, que sempre prezou por uma Administração parecida com a Faculdade dele que tem como objetivo único obter lucros e dividendos.
    O fracasso dos anos anteriores, sobre tudo de 2020, não fez com que Bellitani aprendesse, não conseguiu enxergar as deficiências que eram notórias, durante toda a competição.
    O Bahia iniciou o ano com a mesma zaga, segunda mais vazada de 2020, com os mesmos laterais, com volantes piores que os de 2020.
    Não fez reposição á altura de peças importantes do meio, zaga e e ataque. Na minha opinião, a falta de bons laterais, sobretudo esquerdo, volantes de qualidade, foram peças que deterioram o time, levando ao rebaixamento que já era ensaiado desde 2019.
    Bellitani, no discurso pós jogo ontem, usou o tempo todo a pandemia como consequência do fracasso, como se o Bahia fosse o único clube que conviveu com orçamento comprometido. Todos sabem que para dinheiro mal administrado, não tem dinheiro que seja suficiente.
    América Mineiro, Atlético de Goiás, Cuiabá com orçamentos ínfimos comparando com o do Bahia, foram superiores na competição ao Bahia. Os dois primeiros inclusive conseguiram vaga para Libertadores, dando prova que uma boa gestão é o que faz a diferença.
    O que dizer do Ceará e o super organizado e forte Fortaleza que fez um campeonato eletrizante, ficando entre os 4 durante quase todas as 38 rodadas. Esse mesmo Fortaleza saiu da Série C para uma Libertadores das Américas.
    É questão de uma boa gestão ou não Bellitani?!
    Este mesmo Bellitani disse em entrevistas anteriores que o Bahia, somente será grande, um time capaz de disputar uma Libertadores daqui uns 30 anos.
    O que esperar de um Presidente medíocre como Guilherme Bellitani.
    A torcida que se unam e faça uma campanha para tirar este nefasto Presidente do comando do Esporte Clube Bahia, caso contrário, não vamos sair desta segunda divisão tão cedo.
    Isto é se não acompanhar o rival e cair para a Série C.

  2. BELLLITANI TITANIC BLÁ BLÁ BLÁ UM FRACASSADO GESTOR DESTRUIU O CRESCIMENTO DO CLUBE… OBJETIVO DELE CLARAMENTE É VENDER O FAZENDÃO … LOCAL ONDE NUNCA DEVERIAMOS TER SAÍDO …

    • Imagino a dor de quem ama o clube ter que passar por tanta humilhação.
      Lembro porém que o Belintani é o resultado de uma democracia que só serviu pra mudar o grupo político que estava acabando com o Bahia!
      Hoje, temos um INCOMPETENTE e INDIGNO presidente que, desde que assimiu, só fez nos apequenar.
      Pior que isso é que ele, mesmo dando suficientes amostras das sua inapetência, foi reconduzido pela maioria, quase UNANIMIDADE, dos associados. Por pouco seria reeleito por aclamação e em chapa única.
      A DEMOCRACIA TRICOLOR não cumpriu a sua missão…

  3. sou paulista moro 10 anos em salvador como pode um estado forte com otimos estados e passar por esta vergonha um conselho mandar todo mundo embora e começar com gente honesta positiva e coraçao baiano use o povo baianno nao traga ninguem de fora mandar todo mundo embora

  4. Que gestor BIZARRO esse Belintane!

    Quer resultado sem investir na atividade final do Clube!

    Vamos ver se o Fortaleza o aceita com estagiário pra ver se esse DESGRAÇADO some do Bahia!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*