Sem alma, Bahia empata com o Cuiabá e aumenta desespero na luta contra o Z4

O Bahia agora enfrenta o Grêmio, outro concorrente direto contra o rebaixamento

Foto: Felipe Oliveira/ECB

Mesmo empurrado pelo seu torcedor, que compareceu em bom público na noite deste domingo na Arena Fonte Nova, o Esporte Clube Bahia teve mais uma atuação apática, assim como foi na derrota para o Sport, por 1 a 0, na rodada passada. Sem alma e apresentando um futebol de rebaixado, especialmente no primeiro tempo, o time tricolor ficou apenas no empate sem gols com o Cuiabá e emplacou o terceiro jogo seguido sem vencer, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O time mato-grossense ainda reclamou de dois gols anulados, ambos no primeiro tempo.

 

Com o resultado, o Bahia contabiliza 37 pontos e permanece dentro da zona de rebaixamento, no 17º lugar, dois pontos abaixo do Juventude, primeiro fora do Z4, e dois pontos acima do Grêmio, 18º colocado. Já o Cuiabá ganha uma posição e fica na 11ª colocação, com 43 pontos.

No primeiro tempo, o Bahia teve mais posse de bola, porém, uma posse improdutiva, sem conseguir criar jogadas de ataque para furar o bloqueio do Cuiabá, e apenas forçando nas bolas alçadas na área para o centroavante Rodallega. Já o Cuiabá, bem organizado, entrou com a estratégia de ameaçar nos contra-ataques e conseguiu, inclusive, esteve mais próximo de balançar a rede. Max aos 17 minutos em chute perigoso de fora da área, raspou a trave.

Aos 21, o time mato-grossense chegou a marcar com Rafael Gava, mas a bandeirinha assinalou impedimento milimétrico, confirmado pelo VAR. Aos 38, outro gol anulado do Cuiabá. Jenison aproveitou cruzamento da direita e marcou de cabeça. Raphael Claus entendeu que o atacante empurrou Nino Paraíba, e o VAR não chamou para revisão. Segundo a Central do Apito, o gol foi legal.

O Bahia voltou para o segundo tempo com a mesma equipe que terminou o primeiro, e a produção se manteve quase zero. Aos 11 minutos, Guto Ferreira chamou Rossi, que conseguiu “incendiar” um pouco a partida criando algumas oportunidades, mas quando o camisa 7 não parou no goleiro Walter, o atacante Rodallega esbarrou no travessão. Muito pouco para quem precisava desesperadamente vencer.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia tem novo compromisso em casa. Na sexta-feira (26), enfrenta o Grêmio, às 19h, na Arena Fonte Nova, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. A partida pela 35ª rodada está agendada para o dia 29 de novembro, contra o Atlético-GO, às 19h, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 CUIABÁ
BRASILEIRO DA SÉRIE A (34ª RODADA)

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
DATA E HORA: 20/11/2021 (domingo), 19h
ÁRBITRO: Raphael Claus (SP)
ASSISTENTES: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back (ambos de SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Mugni, Daniel, Juninho Capixaba e Raí; Rodallega. Técnico: Guto Ferreira.

CUIABÁ
Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Camilo, Pepê e Rafael Gava; Felipe Marques, Max e Jenison. Técnico: Jorginho.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário