Sem alma, Bahia empata com o Cuiabá e aumenta desespero na luta contra o Z4

O Bahia agora enfrenta o Grêmio, outro concorrente direto contra o rebaixamento

Foto: Felipe Oliveira/ECB

Mesmo empurrado pelo seu torcedor, que compareceu em bom público na noite deste domingo na Arena Fonte Nova, o Esporte Clube Bahia teve mais uma atuação apática, assim como foi na derrota para o Sport, por 1 a 0, na rodada passada. Sem alma e apresentando um futebol de rebaixado, especialmente no primeiro tempo, o time tricolor ficou apenas no empate sem gols com o Cuiabá e emplacou o terceiro jogo seguido sem vencer, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O time mato-grossense ainda reclamou de dois gols anulados, ambos no primeiro tempo.

 

Com o resultado, o Bahia contabiliza 37 pontos e permanece dentro da zona de rebaixamento, no 17º lugar, dois pontos abaixo do Juventude, primeiro fora do Z4, e dois pontos acima do Grêmio, 18º colocado. Já o Cuiabá ganha uma posição e fica na 11ª colocação, com 43 pontos.

No primeiro tempo, o Bahia teve mais posse de bola, porém, uma posse improdutiva, sem conseguir criar jogadas de ataque para furar o bloqueio do Cuiabá, e apenas forçando nas bolas alçadas na área para o centroavante Rodallega. Já o Cuiabá, bem organizado, entrou com a estratégia de ameaçar nos contra-ataques e conseguiu, inclusive, esteve mais próximo de balançar a rede. Max aos 17 minutos em chute perigoso de fora da área, raspou a trave.

Aos 21, o time mato-grossense chegou a marcar com Rafael Gava, mas a bandeirinha assinalou impedimento milimétrico, confirmado pelo VAR. Aos 38, outro gol anulado do Cuiabá. Jenison aproveitou cruzamento da direita e marcou de cabeça. Raphael Claus entendeu que o atacante empurrou Nino Paraíba, e o VAR não chamou para revisão. Segundo a Central do Apito, o gol foi legal.

O Bahia voltou para o segundo tempo com a mesma equipe que terminou o primeiro, e a produção se manteve quase zero. Aos 11 minutos, Guto Ferreira chamou Rossi, que conseguiu “incendiar” um pouco a partida criando algumas oportunidades, mas quando o camisa 7 não parou no goleiro Walter, o atacante Rodallega esbarrou no travessão. Muito pouco para quem precisava desesperadamente vencer.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia tem novo compromisso em casa. Na sexta-feira (26), enfrenta o Grêmio, às 19h, na Arena Fonte Nova, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. A partida pela 35ª rodada está agendada para o dia 29 de novembro, contra o Atlético-GO, às 19h, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 CUIABÁ
BRASILEIRO DA SÉRIE A (34ª RODADA)

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
DATA E HORA: 20/11/2021 (domingo), 19h
ÁRBITRO: Raphael Claus (SP)
ASSISTENTES: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back (ambos de SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick, Mugni, Daniel, Juninho Capixaba e Raí; Rodallega. Técnico: Guto Ferreira.

CUIABÁ
Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Camilo, Pepê e Rafael Gava; Felipe Marques, Max e Jenison. Técnico: Jorginho.

Deixe seu comentário!

4 Comentário

  1. A GESTÃO BELLLITANI É ALGO TIPO TITANIC… GIGANTE QUE VEM SE AFUNDANDO… TEM QUE EXISTIR ALGUMA PROVIDÊNCIA PARA CONTER A DESTRUIÇÃO QUE ESTE LOUCO VEM FAZENDO COM O CLUBE COM MAIOR ORÇAMENTO DO NORTE E NORDESTE … META É VENDER O FAZENDÃO ..

  2. Comentei durante a semana que para o Bahia ganhar do Cuiabá teria que jogar muito bola, não deu outra. O Bahia fez 33 cruzamentos, acertou apenas uma. Rodallega, teve uma única oportunidade que foi a cabeça na trave. O repertório de Guto Ferreira, aprece que chega ao final justamente no momento crucial do campeonato. Já são 9 pts disputados e apenas 1 ponto ganho nas últimas 3 partidas. Esta escalação com 2 laterais no time, com Juninho Capixaba no meio já não funciona mais. Por falar em Capixaba, como erra passes curtos e como cruza mal! Guto Ferreira, levou uma eternidade para mexer no time, mesmo jogando mal e necessitando de um resultado positivo. Se jogar esta bolinha contra o Grêmio, perde o jogo e carimba antecipadamente mais um rebaixamento.
    FORA BELLITANI!!!! INTERVENÇÃO JÁ!!

  3. Enquanto os torcedores continuarem indo ao estadio este bando de incompetente irão continuar da mesma forma, este Belintani se supera, todo ano consegue ser pior, cade os puxas sacos?

  4. A QUADRILHA AJUDANDO O BAAAEEEA … ERA PRA PERDER … ESTÁ É A NOSSA ATUAL SITUAÇÃO .. BELLLITANI BLÁ BLÁ BLÁ UM FRACASSADO DESTRUINDO O CLUBE.. NÃO VAI FALAR NADA …META É VENDER O FAZENDÃO ..

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Melhores momentos de Bahia 0 x 0 Cuiabá pela 34ª rodada da Série A
  2. Guto assume responsabilidade após empate do Bahia e comenta gols anulados do Cuiabá

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*