Após faixa com ameaça a árbitros, Bahia e Fonte Nova emitem nota de repúdio

Na última quinta-feira, o Bahia perdeu por 3 a 0 para o Flamengo, no Maracanã

Por meio de nota, o Esporte Clube Bahia e a Arena Fonte Nova repudiaram a “incitação à violência direcionada aos árbitros e a qualquer pessoa”, após uma faixa ser exposta ao lado de fora do estádio, com ameaça de morte a árbitros: “Quando matarmos um árbitro, deixarão de nos roubar”. No texto, as entidades destacam que são a favor de manifestações pacíficas da torcida, prezando pelo diálogo.

 

Na última quinta-feira, o Bahia perdeu por 3 a 0 para o Flamengo, no Maracanã, porém, o jogo ficou manchado por um erro de arbitragem quando a partida estava 0 a 0. No primeiro tempo, o árbitro Vinicius Gonçalves marcou um pênalti a favor do time carioca e foi chamado pelo VAR para revisar o lance em que a bola toca no peito de Conti, mas manteve a decisão de campo. Por conta do erro, houve ameaça e atraso do Bahia para retorno para o segundo tempo. A CBF reconheceu que foi um erro a não marcação do pênalti, assim como aconteceu nas partidas contra Juventude e São Paulo.

VEJA A NOTA

“A Arena Fonte Nova e o Esporte Clube Bahia repudiam qualquer ato de incitação à violência direcionada aos árbitros e a qualquer pessoa, dentro ou fora do futebol.

Entendemos a legitimidade de manifestações da torcida, desde que sejam de forma pacífica e prezando pelo diálogo. E não compactuamos com práticas de ofensas e ameaças”.

 

 

Deixe seu comentário!

1 Comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Com novidades na relação, Vitória está pronto para enfrentar o Cruzeiro
  2. Provável escalação: Vitória terá apenas uma mudança contra o Cruzeiro

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*