Guto Ferreira analisa empate com o Ceará e explica escolha por Jonas

Com o resultado, o Bahia permanece na 15ª colocação, com 32 pontos

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Na noite desta quarta-feira, em duelo atrasado da 23ª rodada do Brasileirão, Bahia e Ceará ficaram no empate em 1 a 1 na Arena Fonte Nova. Mendoza abriu o placar para o Vozão aos 8 minutos do 2º tempo, mas Gilberto com um golaço empatou aos 11. Com o resultado, o Bahia permanece na 15ª colocação, com 32 pontos, três pontos acima do Juventude, que abre a zona de rebaixamento, e com dois triunfos a mais. Já o Ceará se manteve em 14º, com 33 pontos. Em entrevista após o jogo, o técnico Guto Ferreira analisou o empate diante do Ceará.

 

“A gente tem que analisar que pegamos uma equipe que compete muito, que tem a transição ofensiva como principal característica e foi num lance desse que eles fizeram o gol. Tiveram duas situações: a primeira foi os jogadores levantando a cabeça e a segunda veio da arquibancada, com a reação do nosso torcedor. Jogando com a equipe e essa energia foi responsável também para empatar logo e na sequência quase virar. Agradecer ao torcedor que esteve na Arena. Infelizmente não conseguimos os três pontos, mas conseguimos um ponto que vai fazer a diferença. “, disse.

Sem Mugni, lesionado, Guto optou pela entrada de Jonas no meio-campo em vez de Rodallega no ataque. Ele explicou a decisão.

“Primeiro que o Ceará não joga com três zagueiros. Segundo que o meio-campo do Ceará é forte. Deixando só Patrick e Daniel, ficaria um meio-campo muito leve para o contato. Precisava de mais enfrentamento e deu certo. Jonas fez um primeiro tempo muito positivo, só que o ritmo do Jonas… Tenho que agradecer o profissionalismo dele, que chegou no intervalo e falou: ‘professor, deu para mim’. Ele fez o melhor dele. Muitas vezes o cara quer ficar e acaba se machucando ou não oferece. Além de ir bem, foi altamente profissional”, explicou.

Na sequência da competição, o Bahia tem mais um confronto direto. No sábado (30), o Esquadrão enfrenta o Juventude, às 19h15, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 29ª rodada.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Dupla ex-Vitória brilha, Athletico elimina o Flamengo e pega o Atlético-MG na final da Copa do Brasil

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*