Bahia ‘bombardeia’ o Palmeiras no 2º tempo, mas só empata e segue no Z4

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia enfrenta o América-MG

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Um ano e sete meses depois, o Esporte Clube Bahia voltou a ter o apoio do torcedor na Arena Fonte Nova, e fez uma grande partida na noite desta terça-feira contra o Palmeiras pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, principalmente no segundo tempo, sufocando o adversário boa parte do tempo, porém, parou no inspirado goleiro Jailson e ficou apenas no AMARGO empate em 0 a 0, resultado ruim para as pretensões do Tricolor de emplacar o segundo triunfo seguido e deixar a zona de rebaixamento.

 

Com o resultado, o Bahia segue na 17ª colocação, com 27 pontos, mas ainda pode perder uma posição até o complemento da rodada para o Sport. Além disso, o Tricolor precisa torcer por tropeços dos concorrentes acima na tabela, que ainda jogam na rodada, casos de Santos, Juventude e Ceará. Já o Palmeiras chega ao quinto jogo seguido sem vencer na Série A e cai para o 4º lugar, com 40 pontos, sendo ultrapassado pelo Bragantino.

O primeiro tempo foi movimentado, mas com poucas emoções. O Bahia até teve muita posse de bola, ocupou o campo defensivo alviverde, porém, encontrou muita dificuldade para furar o bloqueio adversário e não conseguiu exigir nenhuma defesa do goleiro Jailson. A melhor chance tricolor foi um chute de Daniel por cima do gol. As melhores oportunidades foram do Palmeiras. Aos 31, após cruzamento de Raphael Veiga, Rony desviou de cabeça por cima. Depois, aproveitando vacilo da defesa, Luiz Adriano acertou belo chute rasteiro e obrigou Danilo Fernandes a grande defesa. Aproveitando o bom momento, o Verdão acelerou na reta final e chegou com perigo em chute de Veiga aos 43, para fora.

No segundo tempo, o Bahia se soltou mais e voltou mais agressivo, pressionando o Palmeiras. Aos 13, Gilberto arriscou da entrada da área e obrigou Jailson a praticar um milagre. Aos 16, foi a vez de Daniel dar trabalho ao arqueiro palmeirense. Aos 20, Conti cabeceou por cima. Aos 25, Rodallega cruzou para Ronaldo que foi travado no momento da finalização. Aos 26, foi a vez de Mugni parar em outra grande intervenção de Jailson. Aos 37, o atacante Wesley deu uma pesada em Renan Guedes e foi expulso. Mesmo com um a mais, o Bahia não conseguiu marcar o tão aguardado gol e ficou no 0 a 0.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Bahia enfrenta o América-MG, no próximo sábado (16), às 21h, no Estádio Raimundo Sampaio (Independência), em Belo Horizonte (MG). A partida é válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Esquadrão só volta a jogar em Salvador no dia 24 de outubro, às 20h30, contra a Chapecoense, na Arena Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 PALMEIRAS
BRASILEIRO DA SÉRIE A – 26ª RODADA

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador.
DATA E HORA: 12/10/2021 (terça-feira), 21h30
ÁRBITRO: Ramon Abatti Abel (SC)
ASSISTENTES: Henrique Neu Ribeiro e Éder Alexandre (ambos de SC)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick (Renan Guedes), Daniel (Rodriguinho), Raí (Rodallega), Mugni e Juninho Capixaba; Gilberto (Ronaldo). Técnico: Guto Ferreira.

PALMEIRAS
Jailson, Gabriel Menino (Wesley), Kuscevic (Renan), Luan e Jorge; Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa), Raphael Veiga e Dudu (Matheus Fernandes); Rony e Luiz Adriano (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

  1. Gostei do time … Porém destaco que vamos lutar pra não cair … Clube com gestão FRACASSADA BELLLITANI que manteve técnico de sub 23 nós Afastou de competições.. prá cima GUTO …

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*