Bahia dá gol de presente, perde para o Independiente e se complica na Sul-Americana

O próximo compromisso do Esporte Clube Bahia é na quarta-feira

Foto: Divulgação / Independiente

Mesmo apresentando um melhor futebol do que o adversário e criando as melhores oportunidades do jogo, notadamente no segundo tempo, o Esporte Clube Bahia não soube aproveitar e com um gol contra de Thonny Anderson acabou sendo derrotado por 1 a 0 pelo Independiente na noite desta terça-feira, no Estádio Libertadores de América, em Buenos Aires, na Argentina, em partida válida pela penúltima rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O resultado atrapalha os planos do Tricolor, que estava segurando a liderança com o empate e chegando na última rodada em boas condições de alcançar a classificação, porém, com o revés amargo, se complicou de vez e vê a classificação difícil, já que precisa de uma combinação de resultados.

 

Com a derrota, o Bahia caiu para o segundo lugar no Grupo B com 8 pontos, enquanto o Independiente assumiu a liderança com 11 pontos, restando uma rodada para terminar a primeira fase. Com isso, o Esquadrão precisa de uma combinação difícil para conseguir a classificação. Precisa vencer o Montevideo City Torque em Pituaçu e torcer para o Independiente perder para o lanterna Guabirá em plena Argentina.

O Bahia tomou a iniciativa no primeiro tempo e criou as melhores chances com Gilberto e Thaciano, ambos finalizando para fora. Só que ficou nisso e passou a dar mais campo para o Independiente. O time argentino teve mais posse de bola, mas não conseguiu levar perigo ao goleiro Douglas, que fez apenas uma intervenção em chute de fora da área.

No segundo tempo, o Tricolor voltou muito melhor, ditando o ritmo do jogo e chegou a abrir o placar aos 6 minutos, com Daniel, porém, o gol foi invalidado por impedimento do meio-campista. Dominante, o time baiano chegou perto de marcar com Rodriguinho, Rossi e duas vezes com Juninho, porém, não aproveitou as oportunidades criadas. A equipe argentina chegou pela primeira vez na etapa final aos 27 minutos em chute de Velasco para fora. Aos poucos o Independiente foi chegando e aos 27, ganhou um gol de presente. Após cruzamento na área, Douglas saiu mal e se chocou com Thonny Anderson. O arqueiro rebateu a bola no meio-atacante, morrendo no fundo do gol.

O próximo compromisso do Esporte Clube Bahia é na quarta-feira (26), às 19h15, contra o Montevideo City Torque, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. Três dias depois, no sábado (29), o Esquadrão faz sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série A enfrentando o Santos, às 19h, também em Pituaçu.

FICHA TÉCNICA
INDEPENDIENTE 1 X 0 BAHIA
Copa Sul-Americana (5ª rodada)

Local: Libertadores de América, em Buenos Aires
Data e Horário: 18/05/2021 (terça-feira), 19h15
Árbitro: Andres Rojas (Colômbia)
Assistentes: Miguel Roldan e Alexander Guzman (ambos da Colômbia)

GOL: Thonny Anderson (contra)

INDEPENDIENTE:
Sebastián Sosa; Fabricio Bustos, Sergio Barreto, Insaurralde, e Ortega; Lucas Romero, Lucas González (Arregui) e Domingo Blanco; Sebastián Palacios (Menéndez), Braian Martínez (Velasco) e Herrera. Técnico: Julio Cesar Falcioni.

BAHIA:
Douglas; Nino Paraíba, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick (Galdezani), Thaciano (Alesson) e Daniel; Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Maycon Douglas) e Gilberto (Thonny Anderson). Técnico: Dado Cavalcanti.

Deixe seu comentário!

3 Comentário

  1. É complicado, dessa vez não culpo o Douglas pelo gol, o problema foi o Thonny Anderson, um jogador sem expressão, entrou só para atrapalhar, não somou nada no jogo, ao invés de fazer gol no adversário, fez gol contra o Bahia,desclassificado o Bahia, antes deixasse Gilberto mesmo cansado, renderia melhor do que Thonny Anderson, muito fraco, não nenhum perigo ao adversário.
    Uma outra coisa, não adianta nossa indignação, Thonny Anderson vai continue no Bahia recebendo seu pelo salário todos os meses e nós torcedores aqui se preocupando, até porque uma hora dessa o Thonny Anderson está bem, nem aí pelo Bahia e seus torcedores.
    Em relação ao próximo jogo,entreguem os nas mãos de Deus,o senhor sabe o que faz de melhor! ??????

  2. PQP viu. O Baea tem um doce para atrair jogadores que boicotam o time: Douglas, Juninhos, Andersson, e agora esse Tony Anderson. Só uma seção de descarrego.

  3. O BAHIA precisa de atacantes matadores, artilheiro nato, porque não dá para ficar dependendo somente de Gilberto. Tivesse um grande artilheiro ao lado de Gilberto, teria ganho do Independente. Porém com Douglas chama gol tem que fazer gols em dobro, porque basta chutar no gol do Bahia, que é perigo ou siônimo de gol.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*