Antes de enfrentar o Bahia, técnico do Ceará já pensa na altitude da Bolívia

"Estamos pensando o que fazer na altitude no próximo jogo da Sul-Americana"

Foto: Thiago Gadelha / SVM

Antes de enfrentar o Esporte Clube Bahia no próximo sábado, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, o técnico Guto Ferreira comandante do Ceará já pensa no jogo contra Bolívar, no Estádio Hernando Siles ,em La Paz, na Bolívia, na próxima quarta-feira (05), um jogo em disputa direta pela classificação no Grupo C para as oitavas de final. Depois do empate em 1 x 1 contra o Arsenal no Estádio Júlio Grondona, localizado em Sarandí, Avellaneda, Província de Buenos Aires, na tradicional entrevista pós jogo, o treinador gaúcho demonstrou preocupação pela agenda apertada e pelo desafio de jogar em altitude na próxima rodada da Copa Sul-Americana.

 

Contra o Bahia, o Vozão vai em busca do tricampeonato, mas para o treinador, além do duelo contra o Esquadrão de Aço, o que mais preocupa é a rotina de viagens e a altitude de 3,6 mil metros onde sua equipe enfrentará o Bolívar pela próxima rodada da Sul-Americana.

“Buscamos o tricampeonato da Copa do Nordeste, que é uma competição muito importante, e agora nós temos que analisar bastante o que vamos fazer. Estamos voltando de uma viagem para jogar no sábado e futebol não é apenas os 90 minutos. Estamos pensando o que fazer na altitude no próximo jogo da Sul-Americana”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*