Técnico Lisca elogia o Vitória por ter suportado a derrota “no osso do peito”

América-Mg venceu o Vitória por 4 a 0 neste sábado no Independência

O técnico Lisca através de trabalho de sucesso foi aos poucos se afastando da ideia de técnico folclórico pelas “pataquadas” para comemorar triunfos e gols. Hoje é o nome valorizado no mercado, ainda assim, segundo ele, as chances de continuar no América-MG agora como time da Série A e possivelmente como tricampeão da Série B, especialmente após a goleada em cima do Vitória que foi potencializada pela esquisita derrota da Chapecoense para o Botafogo-SP são enormes. Depois de vencer o Leão com tranquilidade, Lisca elogiou o time rubro-negro pelo profissionalismo. Segundo o treinador, mesmo o Vitória não atravessando um momento bom, o América não zombou, nem menosprezou o adversário por respeito e parabenizou o time baiano ter suportado “no osso do peito” uma derrota de 4 x 0 sem apelar para a porrada e por isto desejou o sorte ao Leão no restante da competição.

 

Quanto a permanência no América, o Lisca garante está tudo encaminhando.

“Vamos ver. A gente está conversando para a renovação, há um encaminhamento. Óbvio que vínhamos conversando, eu estava com um empresário, troquei de empresário, e o América estava com um gerente executivo, que também saiu. Nós voltamos à estaca zero, né?! Mas a proposta é bem legal. A gente pode melhorar um pouco ali, enxugar um pouco aqui, apertar um pouco ali. Acho que vai dar coisa boa”.

A vontade de continuar no Coelho é tão grande que o treinador já trouxe a família para residir em Belo Horizonte. “É um clube que me deu muito espaço e me tratou muito bem. Queria agradecer à diretoria, aos funcionários e ao povo mineiro que me acolhe muito bem. Minha mãe está chegando semana que vem, minha filha está com três amigas aqui. Nós estamos sendo muito bem tratados aqui”.

VEJA ABAIXO A ENTREVISTA COMPLETA:

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*