Bahia enfrenta o Unión Santa Fé hoje à noite pela Copa Sul-Americana

Bahia eliminou até aqui Nacional do Paraguai e Melgar do Peru

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Dos seis clubes brasileiros que disputaram a primeira fase da Sul-Americana, além do São Paulo que entrou na segunda fase, apenas Bahia e Vasco seguem vivos. O Esquadrão de Aço estreou goleando o Nacional, em confronto disputado ainda em fevereiro, antes da pandemia, aplicando 3 a 0 na Arena Fonte Nova. Na volta, venceu por 3 a 1 no Paraguai e avançou como segundo melhor time. Na segunda fase, a vítima foi o Melgar, do Peru. Na ida, fora de casa, o Tricolor perdeu por 1 a 0, mas na partida de volta, com uma ENORME tranquilidade e sem sobressaltos, precisou de apenas 34 minutos para aplicar 4 a 0 no time peruano em duelo que marcou o retorno à Arena Fonte Nova. Os gols foram marcados por Fessin (2x), Gregore e Gilberto.

 

Com três triunfos e uma derrota em quatro jogos, o Esporte Clube Bahia tem o melhor ataque da Copa Sul-Americana 2020, com 10 gols marcados e apenas dois gols sofridos. Além disso, tem o artilheiro do torneio, o atacante Gilberto com 4 gols, empatado com o atacante Barcelo, do Emelec. Porém, o time equatoriano já foi eliminado da competição perdendo para o Unión Santa Fé.

Nesta terça-feira (23), o Esporte Clube Bahia inicia sua trajetória nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. O adversário agora é o Unión Santa Fé, equipe que eliminou Atlético-MG e Emelec para chegar nesta fase. O confronto está marcado para 19h15, na Arena Fonte Nova. O clube argentino tem cinco desfalques por Covid-19. Depois do goleiro Peano e do zagueiro Matías Nani, testaram positivo agora o volante Nery Leyes e os meias Leonel Bucca e Emanuel Chcchini.  Em contrapartida, o Unión-ARG conta com o retorno do atacante Fernando Márquez, que estava afastado depois de testar positivo, mas está recuperado da doença e foi liberado pela Conmebol para atuar na partida desta terça-feira.

Para enfrentar o Unión-ARG, o técnico Mano Menezes não poderá contar com o zagueiro Lucas Fonseca, que deixou o jogo contra o Bragantino ainda no primeiro tempo após sentir dores na coxa e está tratando no departamento médico. Com isso, Anderson Martins deve formar a dupla de zaga com Juninho. Ernando, que se recuperou de lesão, voltou a treinar normalmente, porém, como trabalhou apenas dois dias, deve ficar como opção no banco. Quem está de volta é o meia Daniel, além também do volante Ronaldo. Ambos não jogaram a última partida porque cumpriram suspensão e devem retornar ao time titular. Veja a provável escalação.

Quem apita o duelo entre Bahia e Unión-ARG é o árbitro peruano Kevin Ortega, auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Michael Orué. A partir desta fase, o torneio passa a ter arbitragem de vídeo (VAR), que ficará a cargo do também peruano Diego Haro.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*