Douglas retorna, reassume titularidade e ajuda Bahia à conquistar título baiano

Douglas fez boas defesas e pegou o pênalti do jogador Dedeco

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia novamente não convenceu, fez uma partida abaixo do esperado, e após sair atrás no placar com gol de Magno Alves, foi para o tudo ou nada e arrancou o empate com gol de Daniel que levou a decisão do Campeonato Baiano para os pênaltis. Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Douglas, que pegou a sétima cobrança do Atlético de Alagoinhas e garantiu o triunfo por 7 a 6 e a conquista do 49º título baiano e o tricampeonato seguido do Esquadrão. No final do segundo tempo, o arqueiro foi decisivo fazendo uma grande defesa e impedindo que o Carcará anotasse o segundo gol. Nos primeiros 90 minutos, ele já havia feito um jogo seguro. Com a boa atuação na decisão, Douglas certamente seguirá como titular da meta tricolor, desta forma, Anderson retornará ao banco.

 

O Esporte Clube Bahia volta a campo na próxima quarta-feira (12), para enfrentar o Coritiba, às 20h30, no Estádio de Pituaçu, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. A estreia seria neste domingo, contra o Botafogo, no Nilton Santos, mas a partida foi adiada pela CBF por conta da final do Estadual. Além do Brasileirão, o Esquadrão também tem a Copa Sul-Americana, na qual se encontra na segunda fase, após eliminar o Nacional-PAR vencendo os dois jogos (3 x 0 e 3 x 1).

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Jogando o suficiente, Vitória vence o Sampaio Corrêa na estréia na Série B 2020

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*