Bahia acumula vice-campeonatos e Vitória segue sendo o maior campeão do Nordestão

Vitória tem quatro títulos da Copa do Nordeste

Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Nas últimas seis edições de Copa do Nordeste, o Esporte Clube Bahia chegou quatro vezes na final, porém, levantou apenas uma taça, em 2017, quando bateu o Sport na decisão empatando em 1 a 1 na Ilha do Retiro e vencendo por 1 a 0 na Fonte Nova com gol de Edigar Junio. As outras três decisões, decepcionou o seu torcedor. Em 2015, foi derrotado pelo Ceará, duas vezes (1 x 0 na Fonte Nova gol frangaço de Jeanzinho e 2 a 1 no Castelão). Em 2018, um ano após o tricampeonato, perdeu o título para o modesto Sampaio Corrêa em plena Fonte Nova empatando sem gols após perder no Maranhão por 1 a 0. Esse ano, ainda com mais ‘pompa’ de favorito, novamente fracassou e diante do carrasco Ceará. O time de Guto Ferreira venceu os dois jogos, 3 a 1 e 1 a 0, ambos em Pituaçu e sem público por conta da pandemia do coronavírus.

 

Desde 2013, quando a Copa do Nordeste retornou sob a chancela da CBF, o Esporte Clube Vitória alcançou no máximo a semifinal e duas vezes. Em 2015, foi eliminado pelo Ceará (0 x 0 no Castelão e 2 x 2 no Barradão). Em 2017, foi eliminado pelo Bahia. No Barradão, deu Leão, 2 x 1, mas na Fonte Nova o Esquadrão se recuperou e venceu por 2 a 0. Mesmo sem chegar na final há algum tempo, o Vitória segue sendo o maior campeão da Copa do Nordeste, com quatro títulos, sendo o último deles conquistado há 10 anos atrás – (1997, 1999, 2003 e 2010). O clube atravessa um momento complicado por conta de anos das péssimas administrações dos ex-gestores, porém, o presidente Paulo Carneiro vem tentando colocar o Leão nos trilhos certos, economizando agora com uma política de austeridade para colher os frutos lá na frente.

O Esporte Clube Bahia, apesar do alto investimento e pagando salários em dia, vem amargando tropeços em finais de Copa do Nordeste nos últimos anos e tendo como consolo apenas o Campeonato Baiano. Por conta disso, é o time com mais vice-campeonatos no torneio (cinco ao todo). Das 8 finais, o Esquadrão soma três conquistas (2001, 2002 e 2017), empatado com o Sport-PE (1994, 2000 e 2014). O Ceará, por sua vez, tem duas taças (2015 e 2020). Fortaleza, Campinense, Santa Cruz, América-RN e Sampaio Corrêa, todos têm um título. A última vez que o Leão disputou uma final foi em 2010, e sagrou-campeão ao derrotar o ABC, por 2 a 1.

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Tem nem vergonha na cara kkkk

    Nordestão é esse novo formato. Vitória é o maior campeão do Nordestinho, até hoje não foi sequer capaz de chegar na final do campeonato reformulado.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*