Joel Santana fala sobre polêmica com a torcida do Bahia: ‘Me desculpem’

Joel Santana se referiu à "Sardinha" para dizer que não iria para o Bahia

Em 2011, ao ser cotado para assumir o lugar de Vagner Benazzi no Esporte Clube Bahia, o técnico Joel Santana deu uma resposta que mexeu com a ira da torcida tricolor e destruiu qualquer prestígio que o treinador tinha pelos títulos conquistados na década de 90. Durante entrevista no programa ‘Bem, Amigos!’, do SporTV, ele afirmou na ocasião que foi procurado pelo Bahia, mas optou pela recusa justificando: “Estou esperando peixe grande, sardinha não!”. A fala acabou sendo um prato cheio para a torcida do Vitória que até hoje se refere a “Sardinha” nos momentos de zoações, algo natural no futebol.

 

Convidado especial do programa Tino Marcos Uchôa, nesta quarta-feira (1º), Joel Santana, hoje aos 71 anos e já aposentado, foi perguntado sobre a polêmica com a torcida do Bahia e explicou que foi uma pergunta maldosa e que acabou sendo mal interpretada. Joel deixa o assunto no passado, mas afirma que não foi a intenção dele falar isso do Bahia e pediu desculpas ao torcedor. Por sim, ele disse que só tem agradecimento ao clube, e aos ex-presidentes Paulo Maracajá e Marcelo Guimarães (Pai e Filho).

“As pessoas têm uma facilidade danada para criar polêmica. Isso nunca passou pela minha cabeça, nunca vai passar. Foi uma pergunta que foi feita, maldosa. Eu mal interpretei essa pergunta, infelizmente. O que passou, passou, o que fica na vida são as coisas positivas. Pô, como é que vai lembrar uma coisa que tem 9 anos? Eu não tava nem com cabelo branco. Não foi minha intenção falar uma coisa dessa, e já falei várias vezes, mas se tiver que falar mais uma vez, a gente tem que ser homem suficiente. Eu nunca pensei e nunca iria pensar em falar isso do Bahia. Tenho uma bandeira do Bahia, de campeão, e tenho que agradecer muito ao Bahia por tudo que fez por mim, principalmente a uma pessoa chamada Paulo Maracajá, e outra chamada Marcelo e Marcelinho, pai e filho. Bahia, se aconteceu isso, me desculpem.”

Assista abaixo:

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. Professor Joel Santana vc se imortalizou com sua felicíssima frase.Eternos PARABÉNS! Essa denominação “Sardinhas” no Brasil e no mundo é simplesmente um ladrão do dinheiro do imbatível/ insuperável!! Muito obrigado!!!! para sempre.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*