Para baratear custos, Fortaleza trará seus produtos licenciados da China

Aliás, a medida já é utilizada por grandes clubes da Europa.

Visando baratear os custos dos seus produtos licenciados, ( quase 2 mil) o Fortaleza que vem crescendo em vendas nos últimos anos, notadamente após lançar a sua marca própria, o clube anunciou nesta terça-feira (24) fez uma parceria com uma empresa de importação e trará seus produtos da China.

Além de baratear os custos e como consequência aumentar os lucros e venda, a proposta é aumentar o volume de produtos, podendo vender em maiores escalas. Aliás, a medida já é utilizada por grandes clubes da Europa.

“A China eu penso que é o futuro de todos os clubes brasileiros, como foi para os europeus, eles produzem lá e acho que os brasileiros vão ter que fazer isso também. São produtos que tem um preço mais baixo, mais acessível, e conseguimos fazer em volumes muito altos. Hoje em dia a gente não atinge o mercado de forma muito grande porque nossa capacidade de produção é pequena e o produto pirata toma conta. Não é um problema só do Fortaleza“, esclareceu em entrevista ao jornal o POVO da Capital Cearense.

O clube ainda indica a possibilidade que o aumento no volume dos produtos do clube faz com que a agremiação “chegue mais longe” no mercado. “Aprimorar o varejo e trazer mais produtos pode trazer novos parceiros comerciais” conclui

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*