Dante reitera desejo de voltar ao Brasil e jogar no Bahia: ‘Seria bem legal’

Zagueiro de 36 anos tem contrato com o Nice-FRA até junho de 2021

Atuando na Europa deste 2003, com passagens por clubes da França, Bélgica e Alemanha, o zagueiro Dante nunca escondeu sua torcida pelo Esporte Clube Bahia e sempre declarou o desejo de voltar ao futebol brasileiro para jogar no seu clube do coração. No ano passado, chegou a ter seu nome especulado como possível reforço do Esquadrão, mas não passou de um boato. Atualmente no Nice, da França, onde tem contrato até junho de 2021, o defensor de 36 anos em entrevista aos canais Fox Sports, revelou que sempre teve desejo de se destacar em algum clube do Brasil e ganhar muitos títulos. Mas, ao passar do tempo, os planos foram mudando e ele preferiu continuar no Velho Continente.

 

“Eu guardo um carinho enorme pelo futebol brasileiro. Só joguei um ano e meio no Brasil. Mas, cada vez que essa ideia vai amadurecendo, eu renovo na Europa. Tinha a vontade imensa de jogar em um grande clube, ser campeão brasileiro, fazer história. Só que agora com o passar do ano, meus objetivos mudaram”.

Sobre a possibilidade de voltar ao futebol brasileiro, Dante admitiu que tem essa vontade de retornar e vestir a camisa do Bahia. “Eu estou mais pelo coração. Gostaria de voltar e jogar no Bahia, que é o meu time de coração. Seria bem legal. Mesmo tendo contato com outros times, outros grandes treinadores. Minha posição contratual hoje não facilitou minha volta ao Brasil”.

Morando longe da capital baiana desde os 16 anos, Dante costumava frequentar as arquibancadas da Fonte Nova durante as férias. No futebol baiano, ele atuou apenas pelo Galícia. De lá, saiu para se profissionalizar no Juventude. Foi negociado com o Lille, da França em 2003, e acumula passagens pelo futebol belga, vestindo as camisas do Charleroi e Standard Liège. Em 2008, se transferiu para a Alemanha, onde defendeu três equipes: Borussia Mönchengladbach, Bayern de Munique e Wolfsburg. Retornou ao futebol francês em 2016, agora para jogar no Nice, seu atual clube. Em quatro temporadas, soma 147 jogos e 4 gols marcados.

No currículo, tem títulos importantes, como a Liga dos Campeões pelo Bayern em 2012/2013 e no mesmo ano o Mundial de Clubes da FIFA, fora outras outras taças que levantou. Na Seleção Brasileira, conquistou a Copa das Confederações em 2013. Também disputou a Copa do Mundo de 2014, em que o Brasil tomou 7 a 1 da Alemanha.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*