Solidário, Lionel Messi doa 1 milhão de euros para ajudar a combater o coronavírus

2.696 pessoas morrem na Espanha, seis na Argentina pelo coronavírus.

De acordo o jornal Mundo Deportivo, da Catalunha, o atacante argentino Lionel Messi doou 1 milhão de euros, algo próximo e parecido com R$ 5,5 milhões para ajudar na batalha dos governos contra o novo coronavírus que vem atormentando a população em quase todo o planeta. Ainda de acordo Jornal, o montante ofertado será dividido para as duas instituições de saúde. São elas: o Hospital Clínic, de Barcelona, e um centro médico da Argentina, país de origem do craque.

Vale lembrar que na Espanha o número de novos casos de infecções causadas pelo novo coronavírus saltou para 39.673, considerando apenas os números da última segunda-feira (23) quando o total de confirmações já chegavam a casa de 33.089. O número de mortes cresceu de 2.182 para 2.696 durante a noite. Especialistas apontam que a Espanha tem seguido caminho parecido com o da Itália no ritmo de crescimento da doença

Já na Argentina terra natal de Lionel Messi, dois homens, ambos residentes em Mar del Plata morreram nesta terça-feira em decorrência da infecção pelo novo coronavírus, e assim, os números sobem para seis óbitos, segundo fontes do Ministério da Saúde do país.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*