Lucca deve deixar o Bahia para jogar no futebol árabe, diz Bellintani

Lucca está emprestado pelo Corinthians até julho de 2020

Foto – Felipe Oliveira/EC Bahia

Emprestado pelo Corinthians até julho de 2020, o atacante Lucca deve antecipar sua saída do Esporte Clube Bahia. De acordo com o presidente Guilherme Bellintani, em entrevista no podcast “Chá Comigo”, do jornalista Elton Serra, o jogador recebeu proposta de um time árabe e não deve permanecer no Esquadrão. Caso seja confirmada a saída do atleta, o mandatário destacou que o clube deve buscar uma reposição no mercado. Lucca chegou ao Tricolor em julho, mas não despontou. Foram 17 partidas e nenhum gol marcado, perdendo espaço no time titular. Para a posição, o técnico Roger Machado conta com Élber, Rogério e Arthur Caíke e Marco Antônio. Vale lembrar que Artur Vitor também deixou o clube e retornou ao Palmeiras, onde será aproveitado.

 

“A gente está com a saída iminente de Lucca, também, que deve ir para o futebol árabe. Se Lucca sair de fato, a gente tem que fazer a reposição”, disse Bellintani.

Natural de Alto Parnaíba (MA), Lucca Borges de Brito surgiu na base do Boa Esporte e acumula passagens por Palmas, Araguaína, Criciúma, Boa Esporte, Chapecoense, Cruzeiro (onde foi campeão brasileiro), Ponte Preta e Internacional. Estava emprestado no primeiro semestre do ano ao Al-Rayyan, do Catar, mas retornou ao Brasil. Sem espaço no Corinthians, foi emprestado ao Bahia até julho de 2020. No Timão, ele disputou 69 jogos, marcou 12 gols e foi Campeão Brasileiro (2015) e Paulista (2018). Pelo Bahia, foram 17 jogos e nenhum gol marcado.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*