Diego Cerri evita comentar interesse do Palmeiras, mas nega proposta

Na lista de desejos do Palmeiras para assumir a diretoria de futebol do Palmeiras após a demissão de Alexandre Mattos no último domingo, o diretor de futebol do Esporte Clube Bahia, Diego Cerri em contato ao site GloboEsporte garantiu que não recebeu proposta formal do clube paulista, mas também não negou que foi procurado pelo clube paulista. A assessoria do profissional informou que ele não concederá entrevistas em respeito ao Bahia. O dirigente está no Esquadrão desde 2016, contratado ainda na gestão de Marcelo Sant’Ana, quando chegou para ser gerente de futebol, porém, com a saída de Nei Pandolfo no início de 2017, foi promovido a diretor de futebol.

 

Segundo o GloboEsporte, Cerri manteve conversas com a diretoria alviverde por telefone. No primeiro contato, a diretoria alviverde apresentou a ele as condições de trabalho e o projeto do clube. Na segunda, os dois lados tiraram dúvidas. Outro nome cogitado pelo Palmeiras é o de Rodrigo Caetano, do Internacional, que também se reuniu pessoalmente com membros da cúpula palmeirense, em São Paulo. O clube nega que tenha havido o encontro. O dirigente, porém, nega ter recebido proposta.

“Sempre que um profissional tem um nome, mesmo que seja especulado, em outro grande clube, como é o caso do Palmeiras, mostra o reconhecimento do trabalho que não foi de ontem, no meu caso são praticamente 17 anos nessa função. Mas meu compromisso segue com o Inter, com os objetivos ainda em 2019 e só vou poder me manifestar se tiver convite e não apenas especulação”, afirmou.  

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*