Bahia tentará derrubar TABU contra o Corinthians pelo Brasileirão

Esquadrão venceu o Corinthians fora de casa pela última vez em 2003

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Sem perder há 9 jogos (4 triunfos e 5 empates), atual maior série invicta da Série A, o Esporte Clube Bahia enfrenta o Corinthians neste sábado (21), às 19h, na Arena em Itaquera, abrindo o returno do Campeonato Brasileiro da Série A. O Esquadrão ocupa a sétima colocação com 31 pontos, um ponto atrás do Timão que ocupa o quinto lugar e vem pressionado após perder para Independiente del Valle na quarta-feira, por 2 a 0, dentro de casa, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Sul-Americana. Além de defender a invencibilidade, o Tricolor Baiano entrará em campo para tentar derrubar um TABU que já dura 16 anos.

 

A última vez que o Esporte Clube Bahia venceu o Corinthians pela Série A atuando na casa do adversário foi em 2003. De lá para cá, foram disputados seis jogos entre as equipes, com quatro derrotas e dois empates. O último triunfo em solo paulista na primeira divisão aconteceu em novembro de 2003, no Estádio do Pacaembu, quando Didi e Preto Casagrande marcaram os gols do Tricolor Baiano. Em 2008, a equipe baiana venceu o clube paulista em São Paulo, mas foi pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Últimos jogos fora de casa do Bahia contra o Corinthians pelo Brasileiro da Série A

Corinthians 1 x 0 Bahia Brasileirão 2011
Corinthians 1 x 1 Bahia Brasileirão 2012
Corinthians 2 x 0 Bahia Brasileirão 2013
Corinthians 1 x 1 Bahia Brasileirão 2014
Corinthians 3 x 0 Bahia Brasileirão 2017
Corinthians 2 x 1 Bahia Brasileirão 2018

Para o jogo, a CBF escalou como árbitro principal o paraense Dewson Fernando Freitas da Silva, da FIFA. Ele será auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz, do Mato Grosso do Sul, e Marcio Gleidson Correia Dias, também do Pará. A responsabilidade do árbitro de vídeo será de Wagner Reway, da Fifa (PB). No auxílio, estarão Andrey da Silva E Silva, do Pará, e Oberto da Silva Santos, da Paraíba.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*