Meia com passagens por Bahia e Vitória é alvo de ofensas racistas 

Nikão publicou as mensagens de argentinos nas redes sociais

Foto: Jason Silva/AGIF

O meia-atacante Nikão, com passagens por Bahia e Vitória no ano de 2011, foi alvo de ofensas racistas após a vitória do Athletico Paranaense sobre o River Plate da Argentina, por 1 a 0, na noite de quarta-feira (22), na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana. O jogador do Furacão foi chamado de “negro horrível” e “macacos de merda” por torcedores argentinos. Após a partida, ele publicou algumas mensagens nas redes sociais.

 

“Lamentável, em pleno 2019 ainda existir esses tipos de coisas, sou negro com muito orgulho”, escreveu o camisa 11. Recentemente, o goleiro Deijair, da Juazeirense, passou situação parecida durante o jogo contra a Aparecidense pelo Brasileiro da Série D. O arqueiro foi alvo de injúria racial por parte de um torcedor e ainda acabou sendo expulso pelo árbitro após confrontar o torcedor.

O atacante Marco Ruben, autor do gol da vitória atleticana sobre o River Plate, comentou o ocorrido. “Eu digo que é algo muito difícil sendo tão grande as redes sociais, qualquer um pode opinar. Me parece que não é preciso dar muita importância. Tem que confiar nas pessoas de bem. É triste, são coisas feias, mas é melhor não dar importância”, disse o gringo.

Foto: Reprodução/Instagram

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*