“O Bahia é muito especial na minha vida”, diz treinador do Botafogo

Eduardo Barroca reencontra o Bahia na quinta-feira

Foto: Divulgação/Botafogo

Ex-auxiliar e algumas vezes técnico interino do Esporte Clube Bahia, onde deu seus primeiros passos e se tornou o mais jovem treinador a vencer um jogo de Série A, em 2011, ao comandar o Tricolor e derrotar o Flamengo por 3 a 1, o hoje técnico do Botafogo, Eduardo Barroca, reencontra o Tricolor Baiano na próxima quinta-feira, em jogo pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 20h, no estádio Nilton Santos. Em entrevista ao site Globoesporte, o técnico de 37 anos declarou ter muito carinho e gratidão pelo Bahia e que é um clube especial.

“O Bahia é muito especial na minha vida. Tenho um carinho e uma gratidão muito grande pelo clube. Tive a oportunidade de trabalhar com diversos treinadores lá, fui auxiliar de sete deles. Dirigi a equipe profissional do Bahia em nove jogos, com sete vitórias, um empate e uma derrota. Clube que me engrandeceu muito, me fez crescer como profissional. Esse confronto com o Bahia com certeza vai ser muito especial para mim. A gratidão e o carinho são muito grandes”

Na estreia da Série A, o Botafogo perdeu para o São Paulo por 2 a 0, fora de casa. O treinador espera conquistar sua primeira vitória contra o Bahia e no primeiro jogo diante do seu torcedor no Nilton Santos.

 

“A expectativa é muito alta, é um início de trabalho. Eu estou muito otimista com a evolução do trabalho, com a dedicação dos jogadores e com aquilo que eles podem alcançar. A torcida do Botafogo sempre me tratou com carinho e muito respeito. Espero que a gente possa retribuir esse carinho que a torcida tem por mim com uma boa apresentação e uma boa vitória”, comentou.

HISTÓRIA NO BAHIA

Após trabalhar nas divisões de base do Flamengo/RJ, Audax/RJ, Corinthians/SP e seleção brasileira sub-20, Eduardo chegou ao Esporte Clube Bahia no início da temporada de 2011 para ser auxiliar do treinador Rogério Lourenço. Porém, mesmo com a saída de Rogério, ele foi mantido e se tornou auxiliar da comissão técnica do clube.

A estreia do auxiliar no banco de reservas ocorreu no Campeonato Baiano de 2011. O Bahia venceu o Camaçari por 2 a 0, com gols de Souza e Maranhão. A segunda partida sob o comando de Eduardo Barroca, o tricolor venceu o Flamengo por 3 a 1, em pleno Estádio João Havelange, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro de 2011. Os gols do Esquadrão foram marcados por Titi, Dodô e Souza. Renato descontou para o time carioca.

No terceiro jogo, já pelo Baianão 2012, o Bahia foi até Itabuna e venceu por 4 a 3. Fabinho e Souza (03), marcaram os tentos do tricolor. Hélder (02) e Vágner fizeram da equipe do interior. Na quarta partida, o Esquadrão fez 2 a 0 no Vitória da Conquista, no Estádio de Pituaçu. Souza e Gabriel fizeram os gols do triunfo.

No quinto jogo sob o comando de Eduardo Barroca, o Bahia empatou em 2 a 2, jogando novamente no Estádio Roberto Santos. A partida foi válida pelo Brasileirão 2012 e foram marcados por Souza e Mancini. Everton Costa e Emerson empataram para o Coxa.

Na sexta partida, outro triunfo histórico. O tricolor venceu o Santos por 3 a 1, em plena Vila Belmiro. Souza, Neto e Gabriel marcaram para o Bahia, enquanto André descontou para o time paulista. O sétimo jogo sob o comando de Barroca foi na estreia do tricolor na Copa do Brasil de 2013. O Esquadrão venceu e eliminou o Maranhão por 2 a 0, com gols de Magal e Diones.

O treinador, com 29 anos, foi o mais jovem a vencer um jogo na Série A do Brasileirão, quando o tricolor ganhou do Flamengo por 3 a 1, em 2011. O auxiliar técnico trabalhou com Rogério Lourenço, Vágner Benazzi, René Simões, Joel Santana, Paulo Roberto Falcão, Caio Júnior e Jorginho.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*