Bellintani espera por classificação do Bahia, mas afirma: “Baiano nunca foi prioridade”

"Vamos lutar para que não aconteça", garante o mandatário

Presidente do Bahia, guilherme bellintani
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia corre sério risco de ser eliminado do fragilizado Campeonato Baiano em sua fase de classificação, tragédia essa anunciada A campanha no Estadual, independentemente de usar time B, é vergonhosa. Dos 8 jogos, venceu apenas 3 (Juazeirense, Jacobina e Vitória da Conquista), empatou 3 (Flu de Feira, Atlético-BA e Vitória) e perdeu 2 (Bahia de Feira e Jacuipense). Desses 8 jogos, atuou com a equipe principal em apenas dois: no 7 a 1 contra a Juazeirense e no clássico BA-VI que terminou empatado sem gols e retirou o Esquadrão do G-4.

É claro que o momento agora é de foco total no Baianão, em que precisará vencer o Jequié e secar Atlético-BA, Vitória, Vitória da Conquista e Bahia de Feira, torcendo para que um dos quatro primeiros empate, ou o Tremendão perca, isso aliado a um triunfo sobre o Jipão que está ameaçado pelo rebaixamento. A crise, instalada já há alguns jogos, chegou no seu pico após a derrota de quarta-feira para o modesto Sergipe por 1 a 0 em plena Fonte Nova, fazendo com que jogadores e presidente se reunissem com a torcida organizada e se pronunciassem publicamente.

Em entrevista coletiva na sala de imprensa do Fazendão, o presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, que vem sendo pressionado pela torcida para demitir o treinador Enderson Moreira, bancado pela diretoria e principalmente pelo mandatário, falou sobre a possibilidade de eliminação precoce no Campeonato Baiano. Bellintani admitiu que seria muito ruim, porém, reafirmou que a competição estadual nunca foi tratado como uma prioridade.

“Muito ruim. Mesmo fazendo a avaliação que o Baiano nunca foi nossa prioridade. Jogamos somente dois jogos com o time titular. Mas é ruim. A torcida tem razão de cobrar. Seria um resultado muitíssimo ruim. A gente não espera isso. Vamos lutar para que não aconteça. Mas pior do que ter resultado ruim, é reagir de forma equivocada. Aí pode prejudicar o resto da temporada. O remédio não pode piorar a situação do clube. Temos que tomar cuidado. Se der o remédio errado para a doença, pode ser que piore”, disse.

 

Deixe seu comentário

4 Comentário

  1. Concordo quanto a prioridade afinal o engana otário baiano não é parâmetro pra nada, nem premiação é paga pela federação a equipe que vencer, mais para o Bahia, deveria ser uma obrigação mesmo jogando com equipes inferiores, ou seja sub 23 ou alternativas, tinha que ter muito mais qualidade, pra jogar e não tomar aquela Palacada que tomou do Sergipe em plena fonte nova, e ai já pela copa do nordeste.

  2. KKKKK, BRINCALHÃO ! E QUAL É A PRIORIDADE ENTÃO SR. PRESIDENTE ? A COPA DO NORDESTE, EM QUE SOMOS 6º COLOCADO, CORRENDO O RISCO DE NÃO CLASSIFICAR ? a COPA SUL AMERICANA QUE JÁ FOMOS ELIMINADOS ? OU A COPA DO BRASIL QUE ESTAMOS PASSANDO DE FASE “A DURAS PENAS” ? REALMENTE SE “O REMÉDIO” FOR DO NÍVEL DOS DOIS ÚLTIMOS TREINADORES QUE VCS CONTRATARAM, REALMENTE PODE PIORAR MUITO A DOENÇA DO BAHIA !

1 Trackback / Pingback

  1. leather jackets

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*