Guilherme Bellintani revela motivo da nova saída de Régis do Bahia

Meia pediu para ser negociado com o clube paulista

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Não foi somente a eliminação do Esporte Clube Bahia na Copa Sul-Americana que o presidente Guilherme Bellintani teve que explicar nesta sexta-feira nas redes sociais saindo em defesa do técnico Enderson Moreira, o mandatário também respondeu alguns questionamentos sobre a nova saída do meia Régis, que voltou do Al Wehda, da Arábia Saudita, mas foi emprestado ao Corinthians, onde trabalhará com Fábio Carille, mesmo técnico que o indicou para o clube árabe.

O jogador, que tem contrato com o Bahia até o fim de 2020, chega ao Timão com vínculo até dezembro, com preço fixado para a compra de 50% dos direitos econômicos. Em mensagem no Twitter, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, afirmou que o Bahia queria muito que ele tivesse ficado, porém, assim como aconteceu em 2018, o jogador pediu para ser negociado com o Corinthians. “Os motivos pelos quais ele desejou sair em 2018 permanecem em 2019″.

Veja tudo abaixo:



Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. Exatamente! Quem não pediria pra ser negociado se o próprio técnico já o descartou? Quem não ver q isso já foi forçada de barra da diretoria e comissão técnica pra se vingar pelo fato de sua saída anterior? Parece premeditado pra mais uma vez jogar a bomba pro jogador e esconder o próprio rabo devido a tamanha burrada.

  2. Claro que ele pediu pra ser negociado, se Enderson Moreira deixou claro que não daria chances pra ele, vc acha mesmo que ele iria ficar sem jogar, para com isso presidente, sempre achei vc correto mas dessa vez vc errou feio, e não venham me dizer besteiras.

1 Trackback / Pingback

  1. Guilherme Bellintani revela motivo da nova saída de Régis do Bahia - Futebol Bahiano - Informando o Brasil

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*