Presidente pretende usar o Sub-23 no Baiano, mas não quer expor o Vitória ao ridículo

Em entrevista coletiva, o presidente do Esporte Clube Vitória, Ricardo David, voltou a admitir a pretensão de utilizar o time Sub-23 no Campeonato Baiano de 2019, inclusive, revelou uma conversa com o técnico João Burse para expor a ideia e passar ao treinador a missão de provar que o time é capaz de competir. O mandatário ressalta que não quer expor a camisa do Vitória ao ridículo se não tiver um time competitivo no Baianão. A agenda seria a mesma dos times do interior, começando a preparação em novembro deste ano.

Veja abaixo



“Tenho essa pretensão. Falei ontem com Burse. Agradeci o trabalho dele, a dedicação. É um treinador que terá muito futuro, aqui ou em outro clube. Falei que ele tinha uma missão muito importante. Pretendo usar o Sub-23, mas ele tem que me provar que o time é capaz. Não vou expor a camisa do Vitória no Campeonato Baiano se não tiver um time competitivo. Conversamos no sentido que esse sub-23 tem a mesma agenda que fazem os times do interior. Começam mais cedo, entram no Campeonato Baiano com nível de competitividade maior. Fazer exatamente isso. (…) Vamos manter esse grupo até novembro, depois férias, volta em dezembro em uma pré-temporada antecipada. Mas é o andamento desse trabalho, os resultados. A missão de Burse é provar que esse time de sub-23 é competitivo para entrar no Baiano. A decisão só vai acontecer se a gente observar que tem competitividade. Não vou expor o Vitória ao ridículo. O time precisa ser competitivo”, afirmou o mandatário.

Deixe seu comentário