Vídeo: Preparador do Bahia fala sobre excesso de jogos e planejamento

Em entrevista coletiva à TV Bahia, o preparador físico, Edy Carlos, que chegou ao tricolor há um mês como parte da comissão técnica de Enderson Moreira, falou sobre o planejamento para deixar os atletas em condições para encarar a maratona de jogos que tem pela frente, com Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Ele também falou sobre a recuperação do atacante Edigar Junio, que ficou fora dos últimos 18 jogos, e voltou na final do Nordestão.

Na segunda (16), o Esquadrão já enfrenta o Vasco, às 20 horas, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil, e depois volta à campo na quinta-feira (19) para enfrentar a Chapecoense, às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“A gente chegou no Bahia tem quase um mês, fizemos quatro jogos decisivos. O calendário do Bahia é apertado, tem mais de 40 jogos. E se Deus quiser teremos por volta de mais 40 jogos nesse segundo semestre. É uma realidade do calendário brasileiro, não é exclusividade do Bahia. Procuramos preparar os atletas da melhor forma possível. Não é fácil, temos jogo atrás de jogo, nosso plantel é bastante enxuto, mas temos que salientar que é um grupo qualificado, com capacidade física, muito bem treinados […] Edigar é uma atleta que conheço tem muitos anos, atleta de muita capacidade e qualidade. Ficou um período parado, está voltando, fez um jogo muito no sacrifício. Estava muito tempo sem treinar. Foi mérito dele. Precisa de processo de treino. Treinou pouco tempo com o grupo. Daqui a pouco via estar em condição física excelente. Precisa trabalhar mais, mas condiciona rápido”, falou.

Veja a entrevista completa abaixo:



VEJA TAMBÉM: Ex-baixista do Programa do Jô, Bira diz ser torcedor do Bahia e relembra teste

Deixe seu comentário