Invicto em BA-VI’s, Ídolo do Vitória escolhe dois clássicos inesquecíveis

"Nunca esquecerei do 5x1 na reabertura da Fonte Nova e o 7x3”

Ídolo do torcedor do Vitória, onde jogou três temporadas e foi campeão baiano de 2013, o meia Damián Ariel Escudero foi a bola da vez na série “Meu Clássico Raiz”, série criada pelo Arena Rubro-Negra que entrevista personalidades que vestiram o manto rubro-negro e foram destaques no clássico BA-VI.

Escudero chegou ao Vitória em janeiro de 2013, sendo uma das principais peças no time formado pelo saudoso treinador Caio Júnior, inclusive, assumindo a titularidade absoluta naquela equipe, e em toda sua passagem pelo clube, onde somou 93 jogos e 18 gols, conquistando vários objetivos. O jogador se destacou nas temporadas 2013 e 2015 e foi decisivo na conquista do Campeonato Baiano de 2013.

Foram diversos Ba-Vi’s disputados, mais precisamente seis, porém tem dois que o meia faz questão de guardar para sempre na memória, e que também são inesquecíveis para o torcedor: As duas goleadas, por 5 x 1 pela inauguração da Arena Fonte Nova e 7 x 3, pela final do Baianão. O meia, jogando pelo Leão, nunca perdeu um clássico, motivo de orgulho. Em três temporadas, foram três triunfos e três empates.

“Não tem como escolher um, todos foram especiais, sobretudo quando tive o prazer de jogar muitos e sair invicto nos três anos que estive no Vitória. Mais se tenho que escolher, os dois que nunca esquecerei são o 5×1 na reabertura da Arena Fonte Nova e o 7×3 na final do Baiano”, disse.

RELEMBRE OS JOGOS:




BA-VI: Jogador Marinho grava vídeo de apoio aos jogadores do Vitória

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*