Guto Ferreira justifica expulsão e comemora triunfo do Bahia sobre o Santos

“Eu me exaltei, reconheço. Foi em uma situação de falta", disse

Foi daqueles triunfos com a cara do Bahia do passado. Um triunfo chorado, sofrido, e, sobretudo merecido. E assim, o Esquadrão de Aço derrotou o Santos hoje à tarde na Arena Fonte Nova pelo placar de 1 x 0, com gol salvador do jovem e talentoso Júnior Brumado, pulando para o 9º lugar na tabela de pontuação.

Depois do jogo, o técnico Guto Ferreira que se mostrava chateado na última entrevista na última sexta-feira, acabou sendo expulso durante o jogo por reclamação da arbitragem, algo incomum na sua carreira, falou sobre a partida, comemorou o resultado obtido em cima do time paulista e também falou quando questionado sobre reforços.

“Nosso time, que criou bastante chances, foi premiado pelo espírito de nunca desistir da partida. Nós buscamos o resultado desde o início de jogo, marcando alto, mas também apresentamos momentos de oscilação, o que é normal. Foi um jogo muito intenso, diferente do ritmo que enfrentamos no início do ano, e isso vai nos obrigar a ter uma rápida adaptação a este nível de partida. Fomos competentes em botar a bola para dentro, ainda que tenha sido no último lance”

Sobre a expulsão o técnico se explicou:

“Eu me exaltei, reconheço. Foi em uma situação de falta no Marco Antônio, no segundo tempo, quando reclamei que a entrada do adversário nele foi muito forte. Marco ficou caído, sentindo dor, mas o árbitro deixou o jogo seguir. Se não estou enganado, a minha última expulsão foi na Série B de 2016”.

Ouça a entrevista abaixo:



Mística Tricolor! Bahia vence o Santos no apagar das luzes na Fonte Nova

Triunfo merecido! Veja os melhores momentos de Bahia 1 x 0 Santos

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*