Bahia admite desejo e interesse no retorno de Allione, MAS……

Investimento é alto e precisa ser em definitivo, diz o presidente do Bahia

O jogador Allione não é nenhum jogador fabuloso, no entanto, teve participação importante na campanha do Bahia no ano passado, além do mais, é um profissional comprometido com as cores que veste e isto agrada o torcedor.

Ao final do empréstimo como o Bahia, o jogador voltou ao time de origem atendendo a convocação do técnico Roger Machado, técnico do Palmeiras. Aguardou uma oportunidade no time paulista que não chegou ou chegará. O jogador nem mesmo foi escrito para o Campeonato Paulista e seu destino é incerto, ou simplesmente ficará no come e dorme do Palmeiras ou negociado para outro clube especialmente agora com a contratação de Gustavo Scarpa que veio do Fluminense após uma transação conturbada.

Existia uma suposta proposta do Racing da Argentina, porém, segundo as últimas informações o projeto morreu no berço sem prosperar, abrindo uma janela para que o jogador voltasse ao Bahia através de um novo empréstimo ou a compra de parte dos seus direitos.

Isto pelo menos é o desejo de significativa parte da torcida do Bahia. O clube admite interesse de um lado, e dificuldades do outro. Segundo o presidente do clube, o investimento é alto e precisa ser em definitivo já que é esse o único interesse do Palmeiras.

“Allione é um jogador que passou muito bem por aqui, deixou carinho grande da torcida, gosta de morar em Salvador, levou a camisa do Bahia acho que tatuada pra sempre para ele, uma marca que deixou na carreira dele. É um jogador que nos interessaria muito a volta”, admite o presidente Guilherme Bellintani em entrevista ao jornal Correio da Bahia.

No entanto, o dirigente também alegou dificuldade para contratar o argentino, muito por causa da concorrência e da necessidade de um investimento em definitivo, o que é a preferência do Palmeiras e do empresário do atleta.

“Acho muito difícil na circunstância atual pelo que temos observado, sobretudo pelo investimento. Não diria que não há como, mas pelo que tenho observado, da necessidade de investimento no atleta, é alto para o Bahia. Acho que ele vale, mas não adianta ele valer, tem que estar ao nosso alcance”,

Já empresário de Allione, Tomás Budelli, disse que vem ao Brasil no sábado (20) para apresentar ao meia as propostas que tem.  Quando questionado pelo jornal, o empresário confessa que o Bahia fez apenas uma consulta, logo, nenhuma proposta.

LEIA TAMBÉM

Sem espaço no Bahia, volante está próximo de acertar com o CRB

 

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*