Vitória vence o Bahia e fica perto do tricampeonato

Com dois gols de Ramón, o Vitória derrotou o Bahia por 2 a 1, neste domingo, em Pituaçu, e aumentou sua vantagem sobre o arqui-rival na briga pelo título do Estadual deste ano. Caso confirme a conquista, o time rubro-negro não só garantirá sua terceira taça seguida da competição, como também a sétima adquirida nos últimos oito anos – só o Colo Colo “interrompeu” a hegemonia da equipe, em 2006

Para ser campeão, o Vitória pode ser derrotado pelo Bahia no próximo domingo, no Barradão, até por um gol de diferença. Ao Bahia resta superar seu principal rival por dois tentos ou mais para dar fim à hegemonia rubro-negra no Estadual.

Em um jogo nervoso no início de combate, o Vitória abriu o placar com um gol de cabeça de Ramón, marcado aos 13min do primeiro tempo, e sofreu o empate do Bahia com o tento anotado por Reinaldo Alagoano, aos 18min.

No segundo tempo, aos 7min, Apodi entrou na área do Bahia e foi puxado por Rubens Cardoso, punido por cartão amarelo pelo lance. Na cobrança do pênalti, Ramón balançou outra vez a rede de Fernando e fechou o placar.

Bahia 1 x 2 Vitória

Bahia: Fernando; Patrício, Evaldo, Nen e Rubens Cardoso; Leandro, Marcone, Elton (Alex Terra) e Ananias (Alex Maranhão); Beto e Reinaldo Alagoano (Ávine) Técnico: Alexandre Gallo

Vitória: Viáfara; Wallace, Victor Ramos e Luciano Almeida; Apodi, Vanderson (Uellinton), Carlos Alberto, Ramon (Leandro Domingues) e Bida; Jackson (Adriano) e Neto BaianoTécnico: Paulo César Carpegiani

Data: 26/04/2009 (Domingo)
Local: Estádio de Pituaçu
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes (Fifa- SP)
Auxiliares: Alessandro Rocha Matos (Fifa-BA) e Belmiro da Silva
Renda: R$ 951.280,00
Público: 30.015 pagantes
Cartões amarelos: Nen, Fernando e Leandro (B); Neto Baiano, Ramon, Carlos Alberto, Vanderson (V)
Cartão vermelho: Patrício
Gols: Ramon, aos 13min, e Reinaldo Alagoano, aos 17min do primeiro tempo; Ramon, aos 6min da etapa final

Fica uma lição para o presidente do Bahia e o seu diretor de futebol que um campeonato é algo em que a experiência em momentos decisivos é fundamental. Não é à toa que Ramon fez os dois gols do Vitória nessa vitória do time rubro-negro, que leva a vantagem de perder até por um gol de diferença para ser o campeão baiano de 2009. O Bahia perdeu e esnobou a experiência de Ramon e Marcelo Ramos quando teve oportunidade de trazê-los mas, devido a um entendimento errado do seu diretor de futebol, resolveu arriscar em jogadores que não tinham a menor idéia do que é jogar um BaxVi. Contudo, o Bahia é um bicampeão brasileiro, não vai amolecer no Barradão, onde temos uma recente memória muito positiva em confrontos contra o rubro-negro baiano.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Accounting Firm in Cleveland Ohio

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*