“Rogério Ceni ainda fica muito preso ao próprio ego”, diz jornalista

"ele se complica e dá uma declaração infeliz, porque ele quer defender o trabalho", frisou.

Foto: reprodução/ESPN

A declaração dada por Rogério Ceni após a derrota de virada por 3 a 2 no clássico Ba-Vi segue repercutindo na imprensa nacional. O treinador justificou o revés no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano citando o cansaço de alguns jogadores e a falta de opções para mudar as peças do meio de campo. O jornalista Breiller Pires, da ESPN, frisou que Ceni ainda não conseguiu superar o seu grande calcanhar de Aquiles, o ego.

 

“O Rogério ainda não conseguiu superar o grande calcanhar de Aquiles da carreira dele como técnico, que é o ego. O Rogério ainda fica muito preso ao próprio ego e não estou falando nem pelas mexidas que ele fez, porque ele fez mexidas para assegurar o resultado. Mas, na entrevista, ele se complica e dá uma declaração infeliz, porque ele quer defender o trabalho e dourar a pílula”. Não, mas a gente ataca, o estilo de jogo está muito bem implementado, o jogo do Bahia é vistoso. Ele não precisa disso, ele é o Rogério Ceni, ele já é um cara consolidado como técnico, ele não precisa desse tipo de coisa para defender o trabalho”, disse.

“Isso acaba gerando um desgaste com a torcida, como gerou no São Paulo. No São Paulo, em muitos momentos, ele escorregou por isso também, a necessidade de valorizar o trabalho que estava acontecendo. Todo mundo sabe e exalta a forma e as ideias que o Rogério tem de futebol. Todo mundo o elogia como técnico e a carreira dele é bem vista até aqui. Agora, esse tipo de atitude para mim acaba jogando contra ele”, completou.

A partida de volta da final acontece no próximo domingo (07), às 16h, na Arena Fonte Nova. O Vitória tem a vantagem do empate para ficar com o título, que não vem desde 2017. Já o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal, ou então devolver o placar por um gol de diferença para decidir o título na disputa por pênaltis.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário