Ceni pede apoio da torcida para o Ba-Vi da volta: ‘Vai ser um jogo dificílimo’

"Vamos precisar muito da presença do torcedor. Vai ser um jogo competitivo", disse.

Foto: Divulgação/EC Bahia

O Esporte Clube Bahia sofreu um forte baque no jogo de ida da final do Campeonato Baiano. Após abrir 2 a 0, acabou levando a virada e perdeu por 3 a 2 para o Vitória no Estádio Manoel Barradas. Agora o Esquadrão precisa vencer por dois gols de diferença na partida de volta para conquistar o título. Ceni apontou a importância da presença do torcedor na Arena Fonte Nova.

 

“Vamos precisar muito da presença do torcedor. Vai ser um jogo competitivo, dependemos do torcedor por ter um mando favorável. Vai ser um jogo dificílimo, mas vamos fazer o nosso melhor. Assim como fizemos hoje, mas nos minutos finais, as trocas são mais na frente e alguma solução no modelo de jogo. É um modelo bem treinado, um futebol prazeroso de ver, mas quando o cansaço bate, a gente sofre mais que o normal”, afirmou.

“O torcedor fica chateado pela derrota. Não fica chateado pela virada. A derrota é o que mata o torcedor, a gente. Vamos tentar novamente, como foi na Copa do Nordeste. Não adianta achar culpados agora. Nós perdemos o controle do jogo com uma bola tranquila no nosso pé. E tomamos decisões erradas dentro de campo. A maioria dos gols foi de transição no contra-ataque. É assistir e rever”, analisou o treinador.

A partida de volta acontece no próximo domingo (07), às 16h, na Arena Fonte Nova. O Vitória tem a vantagem do empate para ficar com o título, que não vem desde 2017. Já o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal, ou então devolver o placar por um gol de diferença para decidir o título na disputa por pênaltis.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário