Ceni aponta necessidade de contratar peças para o meio-campo

"Foi investido bastante ano passado, bastante esse ano", disse.

Foto: Tiago Caldas / EC Bahia

Após a derrota por 3 a 2 no clássico Ba-Vi, de virada, no Barradão, o técnico Rogério Ceni foi questionado sobre as mudanças que fez na equipe durante o segundo tempo, tirando peças importantes do meio de campo, e colocando jogadores que não renderam o esperado. O treinador citou as opções escassas para mudar o meio de campo e reforçou a necessidade de trazer peças para o setor, porém, frisou que o Bahia não deve fazer muitas novas movimentações no mercado.

 

No segundo tempo, Ceni sacou Thaciano, Luciano Juba, Everton Ribeiro e Caio Alexandre, e colocou nos lugares David Duarte (zagueiro), Caio Roque (lateral), Ademir (atacante) e Yago Felipe (meia).

“Dificilmente vamos fazer contratações… Já se gastou muito dinheiro, investiu bastante dinheiro. Vejo falando que tem milhões, milhões. Foi investido bastante ano passado, bastante esse ano. Estamos tentando achar alguma peça para fortalecer o setor [meio-campo] e ter uma troca a mais”, disse.

A partida de volta do Ba-Vi acontece no próximo domingo (07), às 16h, na Arena Fonte Nova. O Vitória tem a vantagem do empate para ficar com o título, que não vem desde 2017. Já o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal, ou então devolver o placar por um gol de diferença para decidir o título na disputa por pênaltis.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário