Cauly pede cabeça erguida ao Bahia e confia em virada no Ba-Vi

"em casa, com o apoio da torcida, com certeza vai ser diferente”, afirmou.

Foto: Tiago Caldas / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia largou com desvantagem na disputa pelo título do Campeonato Baiano. Após abrir 2 a 0, o Esquadrão sofreu a virada do Vitória no apagar das luzes, no Estádio Manoel Barradas, no jogo de ida da decisão. Em entrevista após a partida, o meia Cauly – autor de um dos gols – lamentou o resultado, mas mantém confiança na virada no próximo confronto, diante da torcida.

 

“A gente pode ficar com essa tristeza na cabeça, mas depois temos que olhar pra frente. Não está perdido, são dois jogos, e em casa, com o apoio da torcida, com certeza vai ser diferente”, começou. 

“Acho que não é muito isso de ficar nervoso. Acho que o jogo estava bem controlado depois de fazer o segundo gol. Mas é um clássico, cada jogo tem sua história. Em algum momento podemos sofrer o gol. Acho que perdemos esse foco total. É difícil de falar, resultado difícil para a cabeça. Temos que recuperar rápido”, indicou.

A partida de volta acontece no próximo domingo (07), às 16h, na Arena Fonte Nova. O Vitória tem a vantagem do empate para ficar com o título, que não vem desde 2017. Já o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença para levantar a taça no tempo normal, ou então devolver o placar por um gol de diferença para decidir o título na disputa por pênaltis.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário