“Quero permanecer o máximo de tempo possível no Bahia”, diz goleiro

Marcos Felipe também comentou sobre a "bronca" que Rogério Ceni deu no zagueiro Vitor Hugo.

Foto: Divulgação / EC Bahia

Contratado inicialmente por empréstimo junto ao Fluminense, o goleiro Marcos Felipe teve seu passe adquirido em definitivo pelo Esporte Clube Bahia, que pagou R$ 2,7 milhões por 70% dos direitos econômicos. Ele assinou até o final de 2027. Em entrevista à TV Bahia na última semana, o jogador afirmou que o pensamento é de ficar por muitos anos no Esquadrão.

 

“Minha cabeça está 100% no Bahia. Assinei o novo contrato há pouco tempo e quero permanecer o máximo de tempo possível no Bahia”, disse o goleiro. 

Marcos Felipe também comentou sobre a “bronca” que Rogério Ceni deu no zagueiro Vitor Hugo no meio do campo após a derrota para o São Paulo. O treinador reclamou com o defensor por ele ter se lançado ao ataque e “abandonado” a defesa, gerando o contra-ataque e o gol são paulino.

“Ali foi uma cobrança que o Rogério fez que foi no momento de calor do jogo, onde todos estavam cobrando um ao outro. Ele foi mais um que estava cobrando um atleta seu. Nós entendemos perfeitamente todo o ocorrido, nós entendemos que foi em prol do grupo, foi para o bem do grupo. Lógico que, para fora, passa uma imagem que é para prejudicar e para expor o atleta, mas em nenhum momento isso aconteceu. Foi para o bem do grupo, porque nós queríamos o resultado positivo e infelizmente aconteceu a derrota. Fica de aprendizado para a gente o que aconteceu naquele jogo, mas nada de exposição de atletas ou o professor querendo prejudicar o Vitor Hugo”.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário