Empresário de volante ‘some’ e não responde proposta do Vitória

o empresário do atleta "sumiu" e não respondeu a primeira proposta feita pelo Leão. 

Foto: Pietro Carpi / EC Vitória

O volante Rodrigo Andrade dificilmente irá permanecer no Esporte Clube Vitória na próxima temporada. As partes vinham negociando a renovação do contrato, que encerrou no dia 30 de de novembro, porém, segundo informação passada pelo presidente Fábio Mota ao canal “Resenha do Leão 1889”, o empresário do atleta “sumiu” e não respondeu a primeira proposta feita pelo Leão.

 

 “O empresário de Rodrigo Andrade sumiu, não me deu a resposta”, disse Fábio Fábio, ao canal ‘Resenha do Leão 1889’.

Natural de Belém do Pará, José Rodrigo Andrade Ramos começou na divisão de base do Fluminense, mas se profissionalizou no Paysandu, onde atuou até meados de 2018 quando acertou com o Esporte Clube Vitória que comprou o atleta em definitivo adquirindo 50% dos direitos econômicos. Na primeira passagem, não conseguiu se destacar, atuando 67 jogos de 2018 a meados de 2020, sem marcar gol.

Ainda em 2020, foi emprestado ao CSA, atuando sete jogos na Série B do Brasileiro daquele ano. Em fevereiro de 2021, foi repassado por empréstimo ao Guarani, onde se destacou na disputa da Série B. Ao todo, disputou 73 jogos pelo Bugre, com dois gols e uma assistência. De volta ao Vitória em 2023, Rodrigo Andrade assumiu a titularidade e se tornou uma peça importante do time, e até aqui disputou 38 jogos, com 3 gols marcados e 2 assistências.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário