Iury Castilho descarta fazer contas para acesso e brinca: ‘Isso é para matemático’

"Isso é para matemático, jogador é tudo burro, rapaz, não sabe nada de matemática", brincou

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Na tarde desta terça-feira (22), o atacante Iury Castilho concedeu entrevista no CT Manoel Pontes Tanajura, onde o elenco do Vitória se prepara para enfrentar o Atlético-GO, domingo, às 18h, em Goiânia, pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro. O jogador foi perguntado sobre os 87,8% de chances de acesso, segundo dados da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), mas evitou fazer contas e falou em tom de brincadeira.

 

“Isso é para matemático, jogador é tudo burro, rapaz, não sabe nada de matemática, não. Eu não sei nada de matemática, não. A gente tem que ganhar os jogos e fazer a nossa parte. Agora, torcedor tem que comemorar mesmo e ficar feliz. Mas a gente não tem que ficar pensando em matemática, tem que jogar bola”, ponderou Castilho.

Após vencer o Botafogo-SP, por 2 a 0, o Vitória lidera a Série B com 47 pontos, seis a mais que o Criciúma, primeiro time fora do G-4. “Autoconfiança da gente, teve um momento que pedi calma. Como você falou, a gente estava amassando e eu sabia que um hora a gente ia furar o bloqueio ali. Faltou essa calma em alguns lances, em mim e em outros também, no último passe, finalização, olhar. Graças a Deus, nos últimos lances ali, Zé Hugo foi feliz. Se bem que no meu ele não foi tão feliz, chutou no gol e eu fui conferir ali, mas graças a Deus deu tudo certo”, celebrou Iury Castilho.

O jogador enalteceu a vitória mesmo diante de tantos desfalques. “Com certeza, mostrou a força do nosso elenco. Desde que cheguei aqui foi nosso melhor jogo, mostrou a força do nosso grupo. Falta muita coisa ainda, claro, mas esse grupo está fechado, determinado para conquistar os nossos objetivos”.

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário