Atacante envolvido com esquema de apostas é suspenso por dois anos

Jarro foi suspenso por unanimidade, enquanto a multa foi com maioria dos votos.

Foto: Lucas Dornelles/São Luiz

Acusado de envolvimento no esquema de apostas no Campeonato Gaúcho, o atacante Jarro Pedroso foi suspenso por dois anos pelo Tribunal de Justiça Desportivo do Rio Grande do Sul (TJD-RS) na noite desta terça-feira. O jogador cometeu um pênalti para beneficiar apostadores, na derrota do São Luiz. Jarro não foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás porque admitiu o crime e fez um acordo para colaborar com as investigações. Atualmente o atleta defende o Inter de Santa Maria.

 

Jarro foi suspenso por unanimidade, enquanto a multa foi com maioria dos votos. Em entrevista ao Diário de Santa Maria, ele disse que cometeu o pênalti porque foi ameaçado pela quadrilha e que não ficou com o dinheiro que recebeu. O lateral-esquerdo Nikolas, que jogou o Gauchão pelo Novo Hamburgo, recebeu a mesma punição em julgamento na semana passada.

A quadrilha que aliciava atletas para manipular jogos atuou em pelo menos duas partidas do Campeonato Gaúcho desse ano, ambas pela 7ª rodada: Caxias 3×1 São Luiz e Esportivo 0x0 Novo Hamburgo. Nos dois jogos, a oferta era para o cometimento de pênaltis.

 

 

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário