Cauly fala sobre aprendizado no futebol europeu e condição física

O jogador citou as viagens desgastantes e afirmou que está trabalhando forte.

Foto: Samara Figueiredo

Anunciado recentemente pelo Esporte Clube Bahia, o meia Cauly Oliveira, de 27 anos, chega ao time comandado por Renato Paiva para brigar por posição no meio de campo. Seu último clube foi o Ludogorets Razgrad, da Bulgária, onde marcou 7 gols e deu 6 assistências em 29 jogos (22 como titular). O jogador citou as viagens desgastantes e afirmou que está trabalhando forte para ficar o mais rápido possível com boas condições de defender o tricolor baiano.

 

“Esse ano foi tudo um pouco diferente por causa da Copa. A gente teve uma parada um pouco maior. Mas eu venho de pré-temporada. Estou me sentindo bem. Os últimos dias foram turbulentos com mudança, muitos voos e pouco sono. Mas estou trabalhando e vou dar meu máximo para participar o mais rápido possível”, garantiu Cauly, sobre a questão física.

Natural de Porto Seguro (BA), Cauly Oliveira Souza fez toda a carreira na Europa. Surgiu nas divisões de base do FC Köln, da Alemanha, e passou também por SC Fortuna Köln, MSV Duisburg e SC Paderborn 07 no futebol alemão. Em 2019, se transferiu para o Ludogorets Razgrad, da Bulgária, onde atuou nas últimas quatro temporadas, com 114 jogos disputados, 26 gols marcados e 8 assistências, segundo dados do Ogol.

“Eu tive uma escola muito boa na Alemanha. Passei a minha base toda lá. Joguei no Campeonato Alemão e fui para a Bulgária atrás do sonho de disputar campeonatos europeus. Sonho que realizei. O ritmo pode ser um pouco diferente, mas futebol é futebol. Vou tentar me adaptar o mais rápido possível para ajudar o time”.

 

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário