Clubes sugerem a criação de uma Série B para a Copa do Nordeste

"Acho isso interessante, porque você consegue dar maior visibilidade", disse Lima.

Foto: Max Haack / FBF

Durante reunião com o presidente Ednaldo Rodrigues na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para definição do formato e outros detalhes da Copa do Nordeste de 2023, os clubes sugeriram a criação de uma Série B para a competição no futuro. A ideia das agremiações é estender o torneio, mudando de 12 para 14 datas, e dependendo da receita, criar uma segunda divisão que serviria como acesso para a Copa do Nordeste. Em entrevista ao Bahia Notícias, o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ricardo Lima, falou sobre o assunto.

 

“Acho isso interessante, porque você consegue dar maior visibilidade e um calendário melhor para aqueles clubes que irão acessar. Acredito que as federações podem fazer um esforço, diminuir um pouco as datas dos estaduais, entregar o necessário para eles, e assim ampliar o leque da Copa do Nordeste. Estou esperançoso”, afirmou o presidente da FBF.

A Copa do Nordeste terá início no dia 22 de janeiro com a fase de grupos, enquanto as finais devem ocorrer nos dias 19 de abril e 3 de maio. A fase preliminar começa no dia 5 de janeiro. Bahia e Atlético de Alagoinhas estão garantidos na fase de grupos. Apesar da eliminação na 1ª fase do Baianão, o Esquadrão está classificado pelo ranking da CBF, enquanto o Carcará foi campeão baiano e vai disputar o Nordestão pela segunda vez na sua história e de forma consecutiva. O Vitória, que também não avançou ao mata-mata do Estadual, vai disputar novamente o Pré-Nordestão, assim como o Jacuipense.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário