Globo e SBT disputam direitos de transmissão da Copa do Brasil

Emissoras disputam novo ciclo de transmissões do torneio nacional a partir de 2023

Torneio mais democrático do futebol local, a Copa do Brasil está cobiçada por gigantes emissoras nacionais. Com um novo ciclo a ser iniciado em 2023, o processo de venda dos direitos de transmissão do torneio tem como principais rivais: a TV Globo e a SBT. A emissora paulista decidiu entrar na batalha pela exibição dos jogos.

 

Ainda assim, conforme o site Notícias da TV, um empecilho na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem desenvolvido questões burocráticas nas negociações. Responsável pela supervisão das conversas pelos direitos da TV, o cargo de secretário-geral da entidade está em aberto desde a eleição eleição de Edinaldo Rodrigues para a presidência. Eduardo Zebini foi demitido da função.

De acordo com a publicação, o projeto do executivo era seccionar os direitos de transmissão da Copa do Brasil, removendo a exclusividade da Globo. A emissora possui contrato desde 2017, quando pagou aproximadamente R$ 300 milhões.

Caso consiga êxito na negociação, o SBT retomaria as transmissões após 25 anos. Por meio deste torneio nacional, a emissora conquistou a segunda maior audiência de sua história, com a decisão da edição de 1995, quando o Corinthians venceu o Grêmio.

Deixe seu comentário!