CBF define cotas da Série C 2022 e presta ajuda financeira aos clubes

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também definiu as cotas de premiação.

Foto: Divulgação

Durante a reunião do conselho técnico, que aconteceu de forma virtual, os presidentes das 20 equipes que disputarão a Série C em 2022 decidiram democraticamente por uma mudança no formato de disputa da competição. Com isso, a primeira fase terá um turno único. Os 20 clubes se enfrentam e os oito melhores avançam para a segunda fase. Nesta, eles serão divididos em dois grupos, com quatro times cada, para confrontos de ida e volta dentro de cada chave. Os dois melhores de cada quadrangular garantem vaga na Série B de 2023, e os líderes de cada grupo avançam para disputar o título na final, em duelo de ida e volta.

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também definiu as cotas de premiação. O campeão vai receber R$ 400 mil, o vice garante R$ 300 mil, o terceiro lugar fica com R$ 200 mil, e o quarto colocado vence R$ 100 mil. Campeão e vice também garantem um veículo da FIAT. Além disso, a CBF também anunciou uma ajuda financeira. A entidade vai transferir R$ 250 mil a cada participante, o que totaliza um investimento de R$ 5 milhões para que o torneio seja disputado.

“É gratificante para a CBF poder atender à demanda dos clubes, ainda que isso exija da entidade um investimento maior. Ganha mais datas, mais atratividade e isso é fruto da união da CBF, das Federações Estaduais e dos clubes em busca da melhor solução para todos”, destacou Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF.

Confira todos os participantes do Brasileirão Série C: ABC (subiu da Série D), Altos, Aparecidense (subiu da Série D), Atlético-CE (subiu da Série D), Botafogo-PB, Botafogo-SP, Brasil de Pelotas (rebaixado da Série B), Campinense (subiu da Série D), Confiança (rebaixado da Série B), Ferroviário, Figueirense, Floresta, Manaus, Mirassol, Paysandu, Remo (rebaixado da Série B), São José, Vitória (rebaixado da Série B), Volta Redonda
e Ypiranga.

Sistema de disputa da Série C em 2022

Primeira Fase

20 clubes em turno único (19 datas)

Segunda Fase

8 clubes em dois quadrangulares; confrontos de ida e volta dentro do próprio grupo (6 datas)

Final

Os líderes de cada quadrangular se enfrentam em um confronto de ida e volta (2 datas)

Acesso

Os dois melhores times de cada quadrangular garantem vaga na Série B do Campeonato Brasileiro em 2023

Rebaixamento

Os quatro piores colocados da Primeira Fase serão rebaixados para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro em 2023

Datas e jogos

27 datas (26 em 2021)

216 jogos (206 em 2021)

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário