‘Foi emocionante o que a torcida do Vitória fez no Barradão’, diz treinador

"O Vitória só existe por causa dessa massa apaixonada", disse.

A torcida tem sido o 12º jogador do Esporte Clube Vitória nessa reta final de Campeonato Brasileiro da Série B, peça fundamental para a recuperação da equipe que luta com unhas e dentes para escapar do rebaixamento. Após vitórias sobre Vasco e Cruzeiro, o Leão deixou o Z4, ainda precisa secar, mas deu um grande passo para evitar a queda. No último domingo, a nação rubro-negra deu um show no Barradão, tanto na recepção do time com o tradicional corredor humano, como após a partida. O técnico Wagner Lopes falou sobre a apoio do torcedor e frisou que foi emocionante o que presenciou no estádio.

 

“A gente está no futebol há muitos anos. E, como atleta, a gente já tinha tido muitas experiências de jogar com Maracanã lotado, jogar no Estádio Olímpico, de Tóquio, lotado. A gente tem muita vivência boa, recordação boa como atleta. Como treinador, também. Mas hoje foi emocionante. E fica até difícil verbalizar o quanto foi importante a presença do nosso torcedor. Mas acho que o futebol só existe por causa do torcedor. O Vitória só existe por causa dessa massa apaixonada. Eu acho que o futebol é 100% por causa do nosso torcedor. Tudo que o jogador quer fazer é deixar o nosso torcedor orgulhoso. Desde a concentração, até chegar aqui embaixo, com nosso torcedor apoiando e gritando e querendo o resultado foi uma das coisas mais bonitas que eu tive oportunidade de presenciar enquanto treinador. Então nossa torcida está de parabéns. Foi emocionante o que eles fizeram no Barradão”, ressaltou o treinador.

O treinador admitiu que vai assistir aos jogos de hoje para “secar” os concorrentes do Vitória na disputa pela permanência no Brasileirão da Série B em 2022.

“Vou assistir, sim. Eu assisto a todos os jogos possíveis que eu tenho tempo para assistir. Torcer a favor, contra. Claro que a gente quer os resultados negativos do adversário. Mas acho que não adianta o adversário ganhar, perder, e a gente não fazer a nossa parte. Então a gente precisa focar no que é possível a gente fazer. Enquanto tiver a oportunidade, a gente quer trabalhar da melhor maneira possível para cercar todos os detalhes para contribuir nas vitórias do Vitória”, afirma.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Guto começa a montar equipe do Bahia para enfrentar o Sport

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*