Guto avalia empate e celebra 3º jogo seguido do Bahia sem sofrer gol

Com o resultado, o Esquadrão deixou o Z4 e assumiu a 15ª colocação

No seu terceiro jogo no comando do Esporte Clube Bahia, o técnico Guto Ferreira viu sua equipe empatar sem gols com o América-MG na noite deste sábado, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 27ª rodada da Série A. Com o resultado, o Esquadrão deixou o Z4 e assumiu a 15ª colocação, superando Santos e Juventude pelo critério do número de triunfos, mas ainda aguarda o complemento da rodada. Após o jogo, o treinador fez uma análise dos acontecimentos e valorizou o ponto somado fora de casa.

 

“Muito relativo efetividade. Nós tivemos talvez uma ou duas bolas assim muito claras. Mais do que efetividade, faltou um pouquinho de felicidade. Por exemplo, quanto Athletico Paranaense, Gilberto conseguiu encaixar cabeçada certinha. Hoje ele pegou um pouquinho menos na bola e ela ia no contrapé do do Cavichioli, que fez uma grande defesa. Então, são situações assim que cada jogo é uma história, né? Hoje a gente não conseguiu ter o nosso gol, mas não abrimos mão de atacar e conseguimos, com todas as dificuldades que a partida dos impôs criar situações também. Foi um jogo altamente disputado. Esse ponto que a gente leva daqui é um ponto bastante importante nesse momento, em cima de toda dificuldade que foi a partida”, comentou.

Guto também comemorou o terceiro jogo sem o Tricolor tomar gols, mas frisou que também é importante atacar e buscar sempre marcar. O Esquadrão tem a segunda pior defesa, com 38 gols sofridos. Para o treinador, o time está no caminho certo.

“Acho que o caminho é por aí, à medida que você não toma gol. Mas o que que me deixa um pouco mais tranquilo não é só não tomar gol. Porque a vezes não toma gol, mas você botou todo mundo lá atrás e não deu um chute no gol adversário. Não foi essa história do jogo, o Bahia agrediu, o Bahia atacou, o Bahia chegou e teve próximo de fazer seu gol também. Foi um jogo onde as duas equipes lutaram incessantemente durante os quase cem minutos que teve a partida e ninguém conseguiu fazer. Mas foi um jogo altamente disputado. Então acho que o caminho é esse. O caminho é não tomar e a gente fazer em vários jogos. Fazer nosso gol, que nós vamos conseguir os triunfos, que vão nos levar onde a gente quer”, falou.

Na sequência da competição, o Bahia volta a jogar em Salvador, agora enfrentando o lanterna Chapecoense, no próximo domingo (24), às 20h30, na Arena Fonte Nova, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário!

4 Comentário

  1. FALA SÉRIO COMEMORAR EMPATE CONTRA O AMÉRICA KKKKKKKKK É OUTRO BLÁ BLÁ BLÁ DESTA FRACASSADA GESTÃO BELLLITANI..QUE GASTA O MAIOR ORÇAMENTO DE UM CLUBE DO NORTE E NORDESTE EM LUTA PRÁ NÃO SER REBAIXADO …

  2. A META BIZARRA DE BELLLITANI EM CADA 15 PONTOS DISPUTADOS FAZER 06 O GUTO CHAMADO DE BOMBEIRO JÁ FEZ 05 EM 09 DISPUTADOS … FALTA FAZER 01 PONTO EM 06 A DISPUTAR … PÁRA META SER COMPLETADA …

  3. O Bahia busca Eficiência Defensiva e Eficácia Ofensiva, quando Guto conseguir estabilizar essas duas variáveis no elenco Tricolor, com certeza a Felicidade Será Realidade para Tod@s Nós Tricolores.

    Parabéns Elenco Tricolor, Comissão Técnica e Guto Ferreira em Superar Desafios em Missões de Elevar o Bahia Digna Colocação no Campeonato Brasileiro de Futebol.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Guto sai em defesa de Rodriguinho e explica ausência de Maycon Douglas
  2. Júnior Brumado volta a marcar e comanda reação do Midtjylland; veja o gol

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*