Sem vencer há seis rodadas, Bahia cogita realocar Dado Cavalcanti

Dado pode voltar para a função de coordenador da base

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia vive um momento conturbado por conta dos resultados ruins no Campeonato Brasileiro da Série A. No último domingo, ao perder de virada para o Atlético-GO, no Estádio de Pituaçu, o Esquadrão chegou a seis jogos seguidos sem vencer, sendo cinco derrotas e um empate, aumentando ainda mais a pressão sobre o técnico Dado Cavalcanti, que ainda segue no cargo apesar da situação complicada da equipe. No entanto, segundo apuração do jornalista Matheus Barbaço, do canal “Sou Mais Bahia”, a diretoria tricolor estuda realocar Dado para a função de coordenador de base e do transição.

 

Vale lembrar que o novo regulamento do Campeonato Brasileiro, existe uma limitação para troca de técnicos, portanto, caso Dado permaneça, o Bahia poderia trazer outro treinador sem ficar impossibilitado de fazer uma nova mudança ainda no decorrer do Brasileirão.

De acordo com o repórter Marinho Júnior, duas horas após o jogo contra o Atlético-GO, em Pituaçu, o presidente Guilherme Bellintani, o vice-presidente Vitor Ferraz e o gerente de futebol Júnior Chávare, se reuniram para tratar de assuntos do clube, muito possivelmente o futuro de Dado Cavalcanti.

Dado está na sua segunda passagem pelo Bahia. A primeira foi em 2019, quando foi contratado para comandar o time de transição. Em abril de 2020, com o futebol paralisado por conta da pandemia, teve o trabalho interrompido e deixou o clube. Dado acertou com a Ferroviária, mas não durou muito tempo, foi demitido e retornou ao Bahia em outubro de 2020 para coordenar as categorias de base. No entanto, com a demissão de Mano Menezes, acabou sendo promovido ao cargo de treinador do time principal.

 

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*