Hebert Conceição garante medalha no boxe e manda recado para torcida do Bahia

Hebert Conceição, de 23 anos, foi vice-campeão mundial em 2017

Neste domingo, o baiano Hebert Conceição, de 23 anos, que foi vice-campeão mundial em 2017, venceu o cazaque Abilkhan Amankul nas quartas de final da categoria até 75kg do boxe nas Olimpíadas de Tóquio. Com o resultado, ele já garante, ao menos, a medalha de bronze, mas terá outra luta importante para ir em busca do ouro. O placar dos árbitros foi de 3×2. Agora, irá enfrentar na semifinal Gleb Bakshi, que é do Comitê Olímpico Russo.

 

“É uma sensação incrível escrever o nome na história do esporte brasileiro, eu que sempre sonhei com esse momento. Só tenho a agradecer, apesar de lutar sozinho, tem muitas pessoas que estão comigo nessa. Agora é manter o foco porque ainda tem mais duas lutas para mudar a cor da medalha”, celebrou o baiano.

O Brasil também já tem uma medalha no boxe com Abner Teixeira na categoria até 91kg. Além deles, Beatriz Ferreira, no peso até 60kg, e Wanderson Oliveira, até 63kg, estão nas quartas de final e também podem se garantir no pódio. Na história dos Jogos Olímpicos, o Brasil tem um ouro (com Robson Conceição em 2016), uma prata (Esquiva Falcão em 2012) e três bronzes (Servílio de Oliveira em 1968, Yamaguchi Falcão e Adriana Araujo em 2012).

Hebert Conceição extravasou após a confirmação do triunfo e a vaga na semifinal. Torcedor fanático do Esporte Clube Bahia, ele mandou um recado para a nação tricolor e agradeceu o apoio nas redes sociais. Assista abaixo: 

Comentários:

1 Comentário

  1. CLARAMENTE VOCÊ É UM VENCEDOR E FIQUE ESPERTO PRA ESTÁ GESTÃO BLÁ BLÁ BLÁ DE BELLINTANI UM FRACASSADO DO FUTEBOL NÃO PEGAR PONGA EM SUA CAPACIDADE…. PODENDO TE TRAZER AZAR, HAJA VISTO QUE ELE É UM (1313) AZARADO DOBRADO…

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*