Dado não é mais treinador do Bahia; Português assume interinamente

O treinador não resistiu ao sexto jogo seguido sem vencer no Campeonato Brasileiro

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Fim para linha para Dado Cavalcanti. O treinador não resistiu ao sexto jogo seguido sem vencer no Campeonato Brasileiro, sendo cinco derrotas e um empate, e após a derrota de virada no último domingo para o Atlético-GO por 2 a 1 em pleno Estádio de Pituaçu, foi desligado do comando técnico do Esquadrão, onde estava desde o final da temporada passada, quando assumiu depois da demissão de Mano Menezes. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira por meio do Sócio Digital.

 

O Bahia informou que o trabalho desta terça-feira (17) será dirigido pelo português Bruno Lopes, técnico do Time de Transição. Enquanto a diretoria define o substituto de Dado, o elenco sub-23 será liderado por Eduardo Guadagnucci, do sub-20.

Em 51 jogos ao longo de oito meses com Dado, o Bahia venceu 21, empatou 11 e perdeu 19, além de 81 gols marcados e 61 sofridos. Junto com ele, deixam o time os auxiliares Pedro Gama e Dito Wolley.

Dado estava na sua segunda passagem pelo Bahia. A primeira foi em 2019, quando foi contratado para comandar o time de transição. Em abril de 2020, com o futebol paralisado por conta da pandemia, teve o trabalho interrompido e deixou o clube. Dado acertou com a Ferroviária, mas não durou muito tempo, foi demitido e retornou ao Bahia em outubro de 2020 para coordenar as categorias de base. No entanto, com a demissão de Mano Menezes, acabou sendo promovido ao cargo de treinador do time principal. Com 12 jogos realizados, Dado somou 4 triunfos, 4 empates e 4 derrotas em 2020, com aproveitamento de 44,44%, evitando o rebaixamento à Série B e colocando o time na Sul-Americana. Em 2021, conquistou a Copa do Nordeste em cima do Ceará, porém, foi eliminado na 1ª fase da Sul-Americana, nas oitavas de final da Copa do Brasil, e vinha de resultados negativos no Brasileirão.

Deixe seu comentário!

6 Comentário

  1. O TREINADOR PORTUGUÊS NÃO PODE NEM SENTAR NO BANCO… GESTÃO FRACASSADA BELLITANI NÃO TINHA CONHECIMENTO DO REGULAMENTO DE CONTRATAÇÕES DE TREINADOR…ESTÁ GESTÃO ESTA IMPOSSIBILITANDO O CRESCIMENTO DO NOSSO BAAAEEEAAA … O SÓCIO TORCEDOR JÁ MOSTROU ESTA INSATISFAÇÃO …..

  2. kkk eu falei q o plano era subir o português pro principal, agora eu acho q n vao contratar outro, tem que buscar um tecnico argentino com estilo menos retranqueiros, tamos cansados de ver time com um monte de defensor q n defende nada e nem ataca time fraco.

  3. RESPEITA POLICIA……TORCEDOR DO BAAAEEEAA NÃO CHORA… COBRA DE GESTÃO QUE GASTA DE FORMA IRRESPONSÁVEL O MAIOR ORÇAMENTO DE UM CLUBE DO NORTE E NORDESTE…. ESSE BAAAEEEAAA … CLUBE RICCO

  4. DADO NÃO É CULPADO DE TER SIDO O TREINADOR DO SERIE A ….. O GESTOR FRACASSADO BELLITANI ÚNICO RESPONSÁVEL …. DEIXAMOS DE AVANÇAR SULAMERICANA E COPA DO BRASIL E ESTAMOS AGORA LUTANDO PRA NÃO CAIR… BELLITANI GASTA O MAIOR ORÇAMENTO DE UM CLUBE DO NORTE E NORDESTE DE FORMA IRRESPONSÁVEL… FOLHA INCHADA DE JOGADORES SUPERADOS E/OU FRACOS .. TIPO OSCAR,JONAS, LUCAS FONSECA E ETC …ELE QUER DE TODAS AS FORMAS VENDER O FAZENDÃO PRA DIMINUIR O ROMBO DE SUAS GESTÕES… O SÓCIO TORCEDOR JÁ SE MANISFESTOU DE FORMA CLARA QUE NÃO ACEITA ESTA ADMINISTRAÇÃO BLÁ BLÁ BLÁ…. COMENTÁRIOS QUE O ROMBO É GRANDE… 2021 ACABOU E SÓ NÓS RESTA LUTAR PRA NÃO REBAIXAR….

  5. O desligamento de Dado Cavalcanti era inevitável, porém A direção do Bahia tem que prescrever outras medicações, ou seja contratações urgentes de jogadores qualificados que venham pra resolver. Que traga um treinador estrangeiro para mudar o estilo de jogo utilizado por muitos treinadores ultrapassados no Brasil.
    O Português que fica interino é muito arriscado manter para comandar o time na metade do campeonato.
    Contratações pra ontem Bellitani.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*