Bahia dá novo vexame, perde para o Sport e completa 5 jogos sem vencer

O próximo compromisso do Bahia é na quarta-feira, diante do Atlético-MG

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Vindo de uma sequência de quatro derrotas, sendo três pelo Brasileirão e uma pela Copa do Brasil, sofrendo onze gols e não marcando nenhum, o Esporte Clube Bahia entrou em campo na noite deste domingo pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A bastante pressionando pela sequência negativa e mesmo enfrentando o desfalcado Sport dentro do Estádio de Pituaçu, fracassou novamente, perdendo por 1 a 0 com gol de Mikael nos minutos finais, chegando ao quinto jogo seguido sem vencer e sem marcar gol (exatos 450 minutos), aumentando a pressão sobre o técnico Dado Cavalcanti.

 

Com o resultado, o Bahia segue com 17 pontos e cai para a 10ª colocação, sendo ultrapassado pelo Santos que venceu a lanterna Chapecoense. Já o Sport com os 3 pontos somados se mantém fora da zona de rebaixamento, na 15ª colocação, com 14 pontos, recolocando o São Paulo no Z4. Essa foi a terceira vitória do Sport fora de casa na Série A e o terceiro jogo seguido sem perder.

Em três minutos de bola rolando, o Bahia chegou duas vezes com Gilberto mandando por cima do gol, porém, depois começou a levar um sufoco do time pernambucano que cresceu na partida e chegou muito mais perto de abrir o placar, criando as melhores oportunidades, uma delas com José Welison exigindo boa defesa do goleiro Danilo Fernandes e depois com Paulinho Moccelin parando na trave. Thiago Lopes também assustou finalizando na rede pelo lado de fora. O Esquadrão abusou dos erros de passe, encontrou muitas dificuldades para criar jogadas de ataque e teve sua melhor chance nos pés de Gilberto aos 43, perdendo cara a cara com o goleiro Mailson.

No segundo tempo, o Bahia seguiu abusando dos erros de passe, mas jogando com mais agressividade e pressionando o Sport. Em menos de 20 minutos, criou boas chances com Rossi, perdendo de cara para o goleiro, com o argentino Conti desperdiçando uma oportunidade claríssima sozinho debaixo da trave, mandando por cima do gol, além de Matheus Bahia e Patrick de Lucca que também tiveram chance de balançar a rede. O Tricolor seguiu martelando de tudo que é jeito em busca do gol, mas não teve competência e eficiência, enquanto o Sport na única chance que teve marcou aos 43 minutos com o atacante Mikael.

O próximo compromisso do Bahia é na quarta-feira (04), diante do Atlético-MG, às 21h30, no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Nos primeiros 90 minutos, o Esquadrão perdeu por 2 a 0 no Mineirão, e agora precisa derrotar o Galo por três gols de diferença para avançar no tempo normal ou por dois gols para decidir a vaga nos pênaltis. Pela Série A, o Tricolor volta a jogar no sábado (07), às 21h, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, em Mato Grosso.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 1 SPORT
BRASILEIRO DA SÉRIE A (14ª RODADA)

LOCAL: Pituaçu, em Salvador
DATA E HORA: 01/08/2021 (domingo), às 18h15
ÁRBITRO: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
ASSISTENTES: Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

GOL: Mikael (Sport)

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Luiz Otávio, Conti e Matheus Bahia; Jonas (Galdezani), Patrick (Maycon Douglas) e Daniel; Rossi (Óscar Ruiz), Rodriguinho (Ronaldo) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

SPORT
Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino e Chico; José Welison, Ronaldo, Thiago Lopes;  Moccelin, Everaldo (Tréllez) e André (Mikael). Técnico: Umberto Louzer.

Comentários:

7 Comentário

  1. Torcedor do BAEAAAA não chora fecha a cara !! E respeita polícia nós lamentamos o gasto do maior orçamento do norte e nordeste sendo gasto de forma irresponsável !!! CLUBE RICCO !!!!

  2. Cade os puxas sacos desta diretoria amadora, vamos falem que o Bahia está uma beleza, como pode um time passar 5 jogos sem fazer um gol seguer, este Bellintani veio para acabar com o Bahia.

  3. 5 derrota consecutivas, 5 derrotas em Pituaçu, 340 minutos sem fazer um gol, defesa mais vazada do campeonato. Tá bom pra você, né Bellitani?!
    Adeus dado! Adeus Dado! Adeus Dado!
    Diretoria incompetente. Fora Bellitani!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*