Lateral do Bahia de Feira quer título baiano para fazer história e deixar legado

"estamos em busca do segundo título para poder fazer história"

Campeão baiano em 2011, superando na decisão o Esporte Clube Vitória em pleno Estádio Manoel Barradas, o Bahia de Feira vai em busca do bicampeonato estadual diante do Atlético de Alagoinhas, com o primeiro jogo da final acontecendo já neste domingo, às 16h, no Estádio Antônio Carneiro, e a partida de volta no domingo seguinte, na Arena Cajueiro. O Tremendão chegou na final após eliminar o Esporte Clube Bahia na semifinal. Ricardo Santana, lateral e meio-campista da equipe de Feira de Santana, projetou o duelo contra o Carcará e quer o título para fazer história e deixar legado no clube.

 

“Não é novidade para o clube porque o Bahia de Feira já foi campeão em 2011, exatamente hoje faz dez anos do primeiro título, então estamos em busca do segundo para poder fazer história e deixar nosso legado no clube. A expectativa é muito boa, estamos nos preparando bem física, mental e tecnicamente. Sabemos que é um jogo de 180 minutos e não será decidido nos primeiros 90. Precisamos propor um bom jogo fora de casa e trazer um bom resultado para casa, assim podemos decidir nos nossos domínios.”

Santana é formado nas categorias de base do Bahia de Feira. Assim, o jogador lembrou a época em que foi promovido para o profissional e destacou que esse possível titulo teria um gosto especial. “A relação com o Bahia de feira é muito boa, todos aqui são como uma família. Na minha subida da base para o profissional, fui muito bem acolhido pelos atletas e toda diretoria, só tenho que agradecer por fazer parte desse clube. Para mim é minha segunda família.”

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*