Antes de pegar o Bahia, Independiente vence nos pênaltis e vai à semifinal da Copa da Liga Argentina

Independiente eliminou o Estudiantes na Copa da Liga Argentina

Adversário do Esporte Clube Bahia na próxima terça-feira, em duelo decisivo pela Copa Sul-Americana, o Independiente entrou em campo neste sábado em partida valendo vaga na semifinal da Copa da Liga Argentina. No tempo normal, o “Rei de Copas” empatou sem gols com o Estudiantes no Estádio Jorge Luis Hirschi, e na disputa das penalidades máximas brilhou a estrela do goleiro Sosa que defendeu dois pênaltis e garantiu a classificação da equipe. No empate em 2 a 2 com o Esquadrão em Salvador, o arqueiro também pegou o pênalti de Gilberto evitando uma derrota por 3 a 2.

 

Bahia e Independiente se enfrentam na terça-feira, às 19h15, no Estádio Libertadores de América, pela penúltima rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O Esquadrão lidera com 8 pontos do Grupo B, empatado com o time argentino, mas levando a melhor no saldo de gols. Se vencer, o Tricolor fica dependendo de um empate na última rodada, contra o Montevideo City Torque. Se empatar, seguirá como líder, mas terá que vencer na última rodada por um placar mais elástico para não correr o risco de perder a vaga pelo critério do saldo de gols. Em caso de derrota, chegaria na última rodada precisando vencer o Montevideo City e torcer por derrota do Independiente diante do Guabirá.

Comentários:

1 Comentário

  1. Oxalá,o Sr. Treinador Dado Cavalcanti, não resolva inventar, tal fez no jogo anterior, quando sacou Taciano que não é nenhuma asumidade de jogador, más é ano luz á frente do atrapalhado, Oscar Ruiz.
    Dado tinha outras opções que somaria muito mais que o Argentino, de futebol ruim.
    Até hoje, não disse para que veio, aquele gol espírita foi tremendo alarme falso.
    Dado, quando o time vai bem num jogo, no outro ele procura inventar, quer dar uma de supra sumo, configurando no dito Professor Pardal. Se continuar adotando este tipo de estratégia fracassada, vai ter vida curta no difícil campeonato brasileiro que se inicia dia 29 de maio.
    Que não entre no jogo de terça feira, contra o Independente, com um time repleto de defensores.
    Que faça Sr. Dado Cavalcanti, o óbvio. Porque quando se resolve inventar no futebol, geralmente o resultado é catastrófico.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*