Ceará perde na Bolívia e está eliminado da Copa Sul-Americana

Ceará precisava vencer para se classificar na Copa Sul-Americana

O Ceará entrou em campo na noite desta quinta-feira dependo das próprias pernas para garantir a classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Bastava vencer o lanterna e já eliminado Jorge Wilstermann, no Estádio Felix Capriles, em Cochabamba, na Bolívia. No entanto, o Vozão fez uma péssima partida e acabou derrotado por 1 a 0, com gol marcado por Pato Rodríguez. Com o revés, o time cearense só poderia se classificar em cas de um tropeço do Arsenal de Sarandí, seu concorrente direto, mas a equipe argentina não vacilou e fez o dever de casa vencendo o Bolívar por 3 a 1 no Estádio Julio Humberto Grondona, ficando com a única vaga do Grupo C para o mata-mata do torneio internacional.

 

Com a derrota, o Ceará caiu para a segunda colocação do Grupo C, com 9 pontos, enquanto o Arsenal-ARG chegou aos 11 pontos, ultrapassou o Vozão e garantiu a classificação. Bolívar, com 6, e Jorge Wilstermann, com 5, também foram eliminados. Ceará se junta a Bahia, Corinthians e Atlético-GO como equipes brasileiras eliminadas na fase de grupos. Bragantino e Grêmio garantiram vaga. O Athletico-PR depende de um empate.

A eliminação na Copa Sul-Americana é mais uma frustração para o torcedor do Ceará neste mês de maio. Primeiro veio a perda do título da Copa do Nordeste para o Esporte Clube Bahia na Arena Castelão. Depois, a perda do título do Campeonato Cearense diante do arquirrival Fortaleza. Agora o Vozão volta o seu foco para o Campeonato Brasileiro da Série A, que começa no sábado, e também para a terceira fase da Copa do Brasil, onde enfrentará o Fortaleza.

Vale lembrar que a Sul-Americana é disputada com fase de grupos pela primeira vez desde a sua criação, porém, somente o primeiro colocado de cada grupo avança ao mata-mata. Eles enfrentam os terceiros colocados das chaves da Libertadores nas oitavas de final. A decisão da Sul-Americana será realizada em jogo único no dia 6 de novembro. Esta é a primeira vez que a Sul-Americana conta com fases de grupos desde a sua criação, em 2003. Até então, o campeonato era disputado em formato eliminatório em todas as fases. O último campeão do torneio foi o Defensa Y Justicia, da Argentina. Entre os brasileiros, Internacional (2008), São Paulo (2012), Chapecoense (2016) e Athletico-PR (2018) já faturaram a competição.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Cadê aqueles torcedores que colocavam o Ceará como modelo a ser seguido pelo Bahia? Cade as grandes contratações? Mendoza, Jael, Messias? cade a prepotencia de Guto Ferreira? Cade Vini? Não quero dizer com isso que o Bahia está acima só quero dizer que eles precisam ser mais humildes e trabalhar caladinhos em direção ao crescimento sem fazer alardes e estardalhaços.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*