Bahia busca reforços para três setores visando a Série A, diz Bellintani

Não vou citar posições porque depende do comportamento e disponibilidade"

Além de revelar em entrevista à Rádio Salvador FM que vem conversando para renovar o contrato do atacante Gilberto (VEJA AQUI), o presidente do Esporte Clube Bahia confirmou a busca por mais reforços visando o início do Campeonato Brasileiro da Série A, previsto para começar no final do mês. Recentemente, o mandatário afirmou que tinha negociações adiantadas com um centroavante, porém, desta vez não revelou quais posições são tratadas como prioridades, mas frisou que três setores são tratados como prioridades. O Tricolor também estaria na busca por um goleiro e um lateral-esquerdo.

 

“Entendia que a reformulação seria em duas etapas. Uma no começa da temporada e outra mais no meio do ano. O primeiro ciclo foi mais intenso. Tinha falado que a gente faria seis ou sete contratações. A gente trouxe muito mais. Eu decidi antecipar ainda mais a restruturação do elenco. A gente conseguiu reforçar muito a defesa, temos meio-campo diferente e ainda continua buscando reforços”, disse.

“Não vou citar posições porque depende do comportamento e disponibilidade do mercado. Já vi muita gente reclamar da lateral direita, vi muita gente reclamando que a gente renovou com Nino. A gente, hoje, tem um goleiro e primeiro volante originários da nossa base. Futebol é muito dinâmico. Diria que estamos procurando vários setores, principalmente três setores”, completou.

Comentários:

4 Comentário

  1. O Ônus da Prova tem que estar com o acusador. Todos sabemos que são jogadores oriundos do Palmeiras. A ideia de time de transição vem dando certo. Agora resta a sua pessoa colocar na página falas do Presidente dizendo que os garotos são da base tricolor.

  2. De bala e bolo, engana- se os tolos.
    Belitani se gaba que os jogadores Patick de Luca e o goleiro Mateus Teixeira são oriundos da base do Bahia.
    E não é verdade Bellitani, estes jogadores vieram do time de transição, oriundos do Palmeiras.
    A base do Bahia foi destruída ao priorizar contratar um monte de jogadores para o time de transição.
    Quem torcedor de verdade do Bahia e acompanha o clube 24 horas, sabe que não verdade.
    O torcedor do Bahia mão é burro, sabe a origem de cada jogador do Bahia.

    • Verdade eles acabaram com base pra fazer time de impresarios no Bahia com isso quem ganha quando vende um jogador é o presidente juntos com os impresarios

    • Gostaria de lembrar ao amigo que embora Patrick de Lucca tenha sido da base do Palmeiras, ele foi adquirido pelo Bahia para o time sub-20, então saiu sim da base do Bahia para o profissional.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*